Notícias Adventistas

Ministério da Mulher

Congresso do Ministério da Mulher reúne mais de 700 líderes

Com o tema “Mulheres em Missão”, durante o mês de maio todo o Oeste do Mato Grosso estará envolvido em ações sociais e missionárias.


  • Compartilhar:

Aconteceu entre os dias 30 de abril e 1º de maio, o Congresso do Ministério da Mulher para a toda região oeste do Mato Grosso. Pelo fato de ser um território extenso, pensando na locomoção e maior conforto para as participantes, o programa foi realizado em duas cidades: Várzea Grande (dia 30) e Sinop (dia 1º). Além disso, Débora Ogalha (líder das mulheres para todo o Centro-Oeste - UCOB) e Adriana Melo (terapeuta familiar), foram as palestrantes do evento. A cantora Melissa Barcelos foi a convidada especial para o momento musical.

Em Várzea Grande, aproximadamente 450 mulheres estiveram participando do programa. Na ocasião, representantes dos distritos de Barra do Bugres, Cáceres, Curvelândia, Mirassol do Oeste, São José dos 4 marcos, Pontes e Lacerda, Comodoro, Pocone, Campo Novo do Parecis, Tangará da Serra e Várzea Grande.

Já em Sinop, cerca de 300 mulheres participaram, representando os distritos de Colniza, Aripuanã, Juruena, Juina, Juara, Nova Monte Verde, Matupá, Guarantã do norte, Peixoto de Azevedo, Claudia, Colíder, Alta Floresta e Sinop.

O Congresso teve como tema “Mulheres em Missão”. “O nosso objetivo é incentivar as mulheres para o mês de maio, que será um mês missionário. Então, para que isso possa acontecer da melhor forma possível, o programa estará mostrando diversas formas de ser uma missionária”, explica Yasna Liz, líder para as mulheres do oeste do Mato Grosso.

Yasna Liz, líder para as mulheres do Oeste do Mato Grosso

A dinâmica do programa funcionou em dois momentos. Pela manhã, realizado no Colégio Adventista de Várzea Grande/Sinop, houve um carrossel de palestras, apresentado em salas, onde as participantes podiam escolher qual tema gostariam de aprender/entender melhor. Os seguintes temas foram apresentados:

  • Como ministrar Estudos Bíblicos
  • Ações Sociais
  • Reavivados e Retiro Espiritual
  • Estratégias de oração
  • A experiência do sábado e mesa posta
  • Pequenos grupos entre amigas
  • Quebrando o silêncio
  • Semana de evangelismo e colheita
  • Jornadas
  • Chá Evangelístico
  • Tendas de Oração

Durante o carrossel de palestras, em cada sala, os temas eram apresentados por duas palestrantes. "Ver a vontade das mulheres em aprender, interessadas no assunto e empolgadas para voltarem aos seus distritos, foi muito significante. Pra mim, foi muito satisfatório”, declara Patrícia Zeferino, palestrante do tema de “Pequenos Grupos entre Amigas”.

Na sequência, à tarde, o programa aconteceu na Igreja Central de Várzea Grande/Sinop. Durante esse momento, as palestrantes Débora Ogalha e Adriana Melo, mostraram a importância da Missão. “Deus faz coisas grandiosas na vida daquelas que permitem serem usadas por Ele. O poder de Deus na minha vida é tremendo. E isso só aconteceu depois que eu entendi que estou nesse mundo para ser uma mulher missionária”, afirma Adriana Melo.

Adriana Melo, palestrante e terapeuta familiar

No Congresso, houve muita emoção, mas principalmente, momentos em que foi possível notar a decisão de entrega verdadeira e comprometimento para com a missão. “Atualmente, as mulheres são grande maioria na liderança das nossas igrejas. Muitas das nossas igrejas são lideradas por vocês. Nós, como administração, reconhecemos isso e estamos aqui para oferecer todo apoio e instrução para o melhor desenvolvimentos de suas atividades, auxiliando no cumprimento da missão”, declarou o Pastor Evaldo Oliveira, líder da igreja no oeste do Mato Grosso.

Pastor Evaldo Oliveira e sua esposa, Yasna Liz.

As mulheres do oeste do Mato Grosso estão envolvidas na liderança da Igreja Adventista do Sétimo Dia e comprometidas com a missão. "Através do Congresso, foi possível entender de forma mais nítida que o motivo real da missão é levar o próximo a querer conhecer a Jesus. E é isso que iremos fazer", afirma Glenia Chateaubriand, participante do evento. "Participar na missão de salvar pessoas, para mim é um presente, um propósito de vida. O que me move, me impulsiona a buscar cada dia estar mais perto de Jesus.", declara Patrícia.