Notícias Adventistas

Igreja confecciona fraldas descartáveis e doa para hospital público de Jaraguá do Sul-SC

Projeto visa beneficiar idosos e deficientes de famílias carentes

Por Paulo Ribeiro 17 de junho de 2021

Ação Solidária Adventista (ASA) entrega fraldas ao Hospital São José. [Foto: ASA local].

De acordo com um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a população do País segue tendência de envelhecimento. Em 2017, quando os dados foram coletados, constatou-se que mais de 30,2 milhões dos habitantes eram idosos, isso representa um crescimento de 18,2 % em cinco anos. A projeção para 2060 é que um quarto dos brasileiros (25,5%) deverá ter mais de 65 anos.

Essas pessoas com 60 anos ou mais, necessitam de serviços, saúde, proteção e ter seus direitos garantidos. Está previsto na Constituição Federal o direito à saúde de forma integral e universal. E, muitos são os idosos que, dada a sua condição de saúde, fazem uso de fralda geriátrica, item fundamental na manutenção da higiene e promoção do bem-estar como fatores de indução da sua saúde e dignidade.

Por reconhecer a necessidade desse item fundamental à qualidade de vida dos idosos, voluntários da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em Jaraguá do Sul, no norte de Santa Catarina, têm se mobilizado para fabricar fraldas descartáveis. Os materiais confeccionados são doados aos pacientes do Hospital São José, especialmente idosos e deficientes provenientes de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Segundo a diretora da Ação Solidária Adventista (ASA) da igreja adventista central de Jaraguá do Sul, Luzia Gardenal, existe uma demanda alta de fraldas geriátricas por causa dos pacientes com Covid-19. “Depois de suprirmos a necessidades do hospital, nós vamos começar a confeccionar fraldas infantis”, explica Luzia.

Primeiros beneficiados  

O projeto social intitulado Fraldas Solidárias começou suas atividades há cerca de dois meses em uma sala da igreja (central de Jaraguá) utilizada pela Ação Solidária Adventista (ASA), entidade responsável pelo projeto. Desde o início dos trabalhos, os fiéis já fabricaram centenas de fraldas, sendo que 500 já foram destinadas ao Hospital São José, na tarde da última terça-feira, 15 de junho.

Na ocasião em que houve a entrega dos itens à entidade hospitalar, estiveram presentes as seguintes pessoas: Maurício Souto-Maior, diretor geral do hospital; Jeferson Perotti Ferrari, coordenador da área de Captação de Recursos; Cassia Toledo Storti, coordenadora da equipe multidisciplinar no hospital; Marlise Manzoni Padilha, assistente social; Luzia Gardenal, coordenadora da ASA; e Nina Santin Camello, vereadora em Jaraguá do Sul.

A máquina para fabricação dos itens foi doada por um empresário da cidade, assim como a doação de oito kits de matéria-prima para a produção inicial de 8 mil fraldas. Para levantar recursos para a compra dos próximos insumos, os voluntários da igreja, por meio de iniciativa da vereadora Nina, iniciaram uma outra campanha, a Tampinhas do Bem, que consiste na arrecadação de tampinhas de garrafas plásticas para serem comercializadas com empresas de reciclagem.

Projeto sustentável e compromisso ambiental

O Tampinhas do Bem tem alguns pontos de coletas distribuídos por toda a cidade, como postos de saúde e de combustíveis, Hospital São José e Casa São José (local que recebe as tampinhas 24h). O Instituto Adventista de Ensino de Santa Catarina (Iaesc), a cerca 40 quilômetros de Jaraguá do Sul, também tem sido um ponto de coleta dos recicláveis. Um shopping local abraçou a iniciativa e colocará coletores em sua praça de alimentação.

Segundo a advogada Érika Lougon, voluntária da igreja que auxiliou na elaboração do projeto escrito, o Fraldas Solidária e o Tampinhas do Bem são coordenados pela Luzia, diretora da ASA, e pela Nina, vereadora e amiga há 15 anos da Luzia. “Elas mexem e vão atrás de tudo. São um exemplo. E graças a Deus os resultados vão começar. Que muitas pessoas conheçam a igreja através desse projeto”, deseja Érica Lougon.

Cartaz do projeto divulgado em instituições públicas e privadas de Jaraguá do Sul. [Foto: Arte ASA local].

Veja algumas fotos referentes ao projeto.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox