Notícias Adventistas

Fórum de liberdade religiosa reúne representantes do Direito e membros da Igreja

Por Rogério César 26 de novembro de 2018

Dr. John Silas, juiz de direito e professor universitário

A Missão Alagoas da Igreja Adventista do Sétimo Dia, sede administrativa da Igreja no estado, realizou no último sábado, 24, a primeira edição do Fórum de Liberdade Religiosa. Juízes, advogados, professores e pastores dirigiram os debates abordando temas como “O cristão e as terríveis dificuldades no mercado de trabalho” e “A pregação do evangelho e a intolerância religiosa”.

De acordo com o advogado da Missão Alagoas, Dr. Daniel Aragão, o encontro buscou debater a liberdade de culto para pessoas de todas as religiões. “Esse evento demonstra que a igreja tem um setor especializado para defender os direitos de liberdade religiosa de todos os membros, pois acreditamos que a liberdade religiosa é inclusiva e não exclusiva. Isso quer dizer que católicos, espiritas, maçons, seja lá qual for o segmento religioso que a pessoa frequenta, nós iremos defender o seu direito de professá-la”, afirma.

Outro convidado para o debate foi o Dr. John Silas da Silva, juiz de direito da 8º vara criminal de Maceió e professor da Universidade Federal de Alagoas. O magistrado destacou os avanços conquistados na área. “O tema da liberdade religiosa é encarado com muita seriedade, porque hoje todos têm direito à liberdade, principalmente à liberdade religiosa.

Dr. Daniel Aragão, advogado ma Missão Alagoas

Todos podem exercer o seu culto, podem professar sua fé, ter a garantia de que o Estado respeitará as igrejas, podemos dizer assim. A liberdade está consagrada na Constituição e deverá ser observada por ser um princípio fundamental que nos permite crescer cada vez mais em nossa consciência cristã”.

José Janiel, estudante de Direito

Membros da igreja em geral e especialmente estudantes de Direito fizeram questão de comparecer ao evento. Um destes estudantes foi o José Janiel, que se mostrou satisfeito com o que foi apresentado. “Esse fórum foi um marco na história da Missão Alagoas, além disso, é de grande importância para os acadêmicos adventistas que enfrentam no dia a dia algumas dificuldades no cumprimento de suas atividades curriculares por conta dos dias e horários em que alguns deles são realizados. Falo isso especialmente em relação aos adventistas que dedicam o dia de sábado exclusivamente para adoração a Deus e ações sociais”, destaca.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox