Notícias Adventistas

Voluntários adventistas usam criatividade para evangelizar no Paraná

Diferentes ministérios exercidos pelos fieis aproximam moradores de bairros de Foz do Iguaçu do evangelho.

26 de maio de 2014
voluntarios-adventistas-usam-criatividade-para-evangelizar-no-parana

Em Foz do Iguaçu, no interior do Paraná, adventistas estão descobrindo formas de se envolver em atividades que mesclem atividades comunitárias e evangelismo

Foz do Iguaçu, PR… [ASN]Um grupo de voluntários de Foz do Iguaçu vem mostrando que a bicicleta pode ser mais que um meio de transporte. Para eles, se tornou também uma forma de evangelizar. Foi com esse propósito que nasceu o “Bike Clube Adventista”. A iniciativa foi apresentada no último sábado, 24 de maio, durante o V Concílio de pastores do Sul do Brasil, que reúne 550 ministros adventistas na cidade até o dia 27 de maio. O objetivo é que os pastores sejam os principais agentes multiplicadores de ideias evangelísticas inovadoras e relevantes para a sociedade em suas congregações, ajudando os membros a descobrir e exercer os seus dons.

O profissional de informática Renato Godois é um dos integrantes do projeto que nasceu há um ano com o objetivo de conciliar atividade física com evangelismo. Entre as ações realizadas pelo Bike Clube estão as pedaladas voluntárias. Periodicamente, eles se mobilizam sobre duas rodas para arrecadar alimentos. Com as doações, famílias carentes da cidade são beneficiadas, criando, assim, novas oportunidades de evangelizar. “Às vezes você convida a pessoa para vir à igreja e ela acaba não vindo. Então, a gente passou a chamar as pessoas para pedalar. E como em Foz do Iguaçu há muitos ciclistas, muitos deles participam das atividades que realizamos. Com isso, acabam fazendo parte do nosso círculo de amizade, se sentem bem e vem para a igreja”, conta Renato.

O clube tem 20 membros e a cada ação agrega novos participantes, segundo relata o voluntário. “Muita gente que vem pedalar uma vez acaba não saindo mais”, destaca.

A iniciativa começou depois que a igreja local abraçou o programa Cada Um Salvando Um, cujo objetivo é despertar a Igreja para a missão, mediante o exercício dos múltiplos dons.

Abordagem relevante

Foi nessa conjuntura que surgiu também outro ministério que está chamando a atenção na cidade. Foz do Iguaçu é conhecida pelas altas temperaturas, sobretudo no meses de janeiro e fevereiro. Nessa época do ano, surge também uma preocupação: a dengue. E foi a partir da necessidade de proteger o bairro onde moram do mosquito transmissor da doença que seu Leomildo Godois iniciou o “Mutirão Contra a Dengue”.

Os voluntários visitam as casas, levando orientação sobre como eliminar os criatórios do aedes aegypti, além de promover a pulverização contra o mosquito nas residências.

Além de contribuir com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) na erradicação da dengue na cidade, a força tarefa busca também evangelizar. “As pessoas ficam surpresas e admiradas com esse trabalho. Passaram a enxergar a Igreja Adventista com outros olhos”, enfatiza.

Segundo Claudir Dallacort, um dos responsáveis pela mobilização missionária dos membros da comunidade local, o engajamento dos fieis nos projetos transformou a realidade local. “Já temos 70% dos membros envolvidos efetivamente com a pregação do evangelho”, comemora Dallacort.

Para o coordenador do Cada Um Salvando Um, pastor Marlinton Lopes, que preside a Igreja Adventista no Sul do Brasil, o objetivo do programa é fortalecer o engajamento dos membros com a missão. Para tanto, ele acredita que é necessário o “foco individual nos membros, auxiliando-os a descobrirem seus dons”.

Veja também a reportagem em vídeo. [Márcio Tonetti, Equipe ASN]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox