Notícias Adventistas

Treinamento totaliza quase 7 mil pessoas e 120 horas de aula

De 17 de fevereiro a 11 de março, todos os fins de semana foram de treinamento, cada dia em uma das oito sub-regiões do oeste do estado de São Paulo

15 de março de 2018

O treinamento foi realizado em oito cidades do interior de São Paulo. Foto: Cinthia Vieira

São José do Rio Preto, SP… [ASN] A mala de viagens nem foi para o maleiro, já é hora de arrumar tudo de novo. São quatro fins de semana de treinamento (sábado e domingo o dia inteiro) e que totalizam quase 50 pessoas envolvidas, entre professores e staff. A agenda não tem trégua, mas tudo vale a pena quando se percebe a motivação dos participantes.

Esse é o treinamento Marco (Mobilização de Aprendizado Regional e Capacitação de Oficiais), realizado anualmente na região oeste paulista. São 6.613 líderes que recebem treinamento, e que atuam nas mais de 300 congregações adventistas na região. Somando os 8 dias de aulas, ao todo são 120 horas de treinamento (contando que cada sub-região recebe treinamento no sábado e no domingo).

Ver as fotos de Ribeirão Preto e São Carlos

Ver as fotos de Birigui e Presidente Prudente

Ver as fotos de Bauru e Tupã

De 17 de fevereiro a 11 de março, todos os fins de semana foram de treinamento, cada dia em uma das oito sub-regiões do oeste do estado de São Paulo – Araçatuba, Bauru, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto e Votuporanga. Em cada edição, líderes de departamentos da Igreja Adventista para o oeste paulista e para o Estado participaram.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As aulas são divididas por departamento e área de atuação como anciãos, diáconos, família, jovens, sonoplastia, comunicação, ação solidária, saúde, ministério pessoal, Liberdade Religiosa, entre outros. Com o treinamento na área específica, os professores preparam conteúdos mais práticos que auxiliam nas atividades que serão desenvolvidas durante o ano. Os líderes também recebem materiais para apoiar o trabalho durante o ano.

“Nesse ano estamos focando no louvor congregacional, já que ele ocupa quase metade do tempo do culto e é o momento em que todos participam”, destaca Douglas Gualber. Foto: Cinthia Vieira

José Roberto Baldinote participa do marco desde a primeira edição e garante que o treinamento é fundamental.  “Para quem assumiu o departamento pela primeira vez é uma oportunidade de receber orientação e para quem já tem experiência, de renovar com novas ideias. Tudo que aprendemos aqui podemos colocar em prática na igreja”, explica Baldinote.

Douglas Gualber, professor na sala do Departamento de Música, destaca que os alunos aprendem não apenas com os professores, mas com as ideias destacadas pelos colegas. “Nesse ano estamos focando no louvor congregacional, já que ele ocupa quase metade do tempo do culto e é o momento em que todos participam”, destaca. [Equipe ASN, Suellen Timm]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox