Notícias Adventistas

Superbom vai ampliar ações missionárias em 2015

Superbom prevê, entre outras ações, uma que vai mostrar os benefício para a saúde dos produtos da empresa adventista.

18 de novembro de 2014
Sede da empresa está localizada em São Paulo, mas tem unidade em Santa Catarina

Sede da empresa está localizada em São Paulo, mas tem unidade em Santa Catarina

São Paulo, SP … [ASN] De uma humilde fábrica de sucos, fundada em 1925, até agora, a Superbom – indústria alimentícia de propriedade da Igreja Adventista do Sétimo Dia –  persegue o crescimento sob o ponto de vista de mercado. É o que  normalmente qualquer negócio deseja e se propõe a fazer. Mas mais do que crescer no ambiente corporativo, a empresa tem aspirações claras quanto ao seu papel como uma empresa que não apenas vende produtos saudáveis, mas contribui para levar mensagens que deem sentido espiritual à vida de muita gente. Para entender melhor quais são essas perspectivas, a ASN conversou com o gerente de marketing da Superbom, David Oliveira. Confira:

ASN –  Quais as novidades gerais em termos da Superbom para o próximo ano? Pode adiantar algo sobre lançamento de produtos?

David Oliveira – O ano de 2015 reserva grandes novidades, sendo o ano comemorativo das 9 décadas da Superbom. Teremos diversos lançamentos e divulgamos aqui alguns deles: salsicha defumada aperitivo, salsicha defumada tamanho padrão, hambúrguer, carne louca entre outros que ainda não podemos divulgar.

ASN – Com quantos produtos hoje a Superbom trabalha e qual a linha geral desses produtos?

David Oliveira – A Superbom possui 57 itens em seu portfólio de produtos, desde o mel mais tradicional do País a mais de dez tipos de sucos e diversas proteínas vegetais (substituto da carne animal). Mas, independente do produto, o foco central no desenvolvimento é produzir alimentos saudáveis que contribuam para uma boa alimentação das pessoas.

ASN – Sabemos, no entanto, que a Superbom é uma empresa que tem princípios claros e seu grande negócio não é apenas vender, mas cumprir com uma missão. Explique melhor isso.

David Oliveira – A Superbom possui diversas características de identificação: logotipo, suas cores, a expressão de uma marca humana, refrescante, saudável, original e simpática mas nada disso a definiria se não fosse seu pilar de diferenciação, uma marca que nasceu para cumprir uma nobre missão de transformar mais que hábitos alimentares, mas transformar vidas! E desde seu surgimento esta tem sido a missão de cada colaborador da Superbom: transformar vidas.

Leia também:

Superbom lança novos sabores de proteínas vegetais sem glúten

ASN – Falando sobre ações comunicacionais, quais são as novidades para 2015 da Superbom. Qual será o tom das campanhas de divulgação e por que será assim?

David de Oliveira – O tom da campanha permanece jovial e estratégico, levando ao mercado B2B (business to business ou comércio entre empresas) informações relevantes sobre o crescimento do consumo de alimentos saudáveis a as soluções que a Superbom possui neste segmento e para os consumidores finais, ainda mais informação sobre os benefícios de cada produto.

Mas a grande novidade é que criamos diversas estratégias de pregar o evangelho em todos os canais de comunicação que atuamos, desde nosso site fazendo a distribuição de livros evangelísticos a QRCode em nossos anúncios impressos. Tudo isso leva o leitor a conhecer histórias de pessoas reais que tiveram suas vidas transformadas após terem contato com os produtos Superbom.

ASN – Qual a estrutura hoje da Superbom em termos de funcionários e unidades de produção?

David de Oliveira – A Superbom possui hoje aproximadamente 220 colaboradores, distribuídos entre suas duas plantas industrias: São Paulo (sede com 65 mil metros quadrados) e Santa Catariana (unidade 2 com 250mil metros quadrados). Com produção anual de mais de 10 milhões de unidades, os destaques vão para: 3,5 milhões de unidades de suco por ano, 2,2 milhões de unidades de cevada por ano e 1,8 milhões de unidades de proteínas vegetais por ano.

ASN – O que a Superbom acredita que ainda pode fazer para apoiar ainda mais as causas de bem estar completo da vida humana?

David de Oliveira – O ano de 2015 trará grandes surpresas e uma delas é um projeto de mostrar na prática, de forma racional por meio de parâmetros médicos, todos os benefícios que uma alimentação correta pode oferecer. A Superbom acredita que, mostrando casos reais, acompanhados de médicos que apresentem claramente melhoras na saúde através do uso dos produtos Superbom, pode motivar mais pessoas a mudar seus hábitos alimentares e conquistar mais qualidade de vida, consigo mesmo, com a família (filhos, esposa…) e sem dúvida com Deus. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox