Notícias Adventistas

Superbom amplia vendas pela internet

Indústria adventista expande seus canais de vendas, entrando nos marketplaces da Magalu e Mercado Livre. Ideia é levar produtos saudáveis a mais gente.

Por Felipe Lemos 15 de setembro de 2020

Linha de produtos saudáveis da Superbom vem ganhando espaço nas vendas em todo o Brasil e no exterior também. (Foto: Superbom)

O mercado de vendas on-line experimentou crescimento, especialmente no período da pandemia da Covid-19. Dados da pesquisa Compre&Confie, do período compreendido entre 24 de fevereiro e 24 de maio deste ano, apontou crescimento de 71% no e-commerce brasileiro, com faturamento de 27,3 bilhões de reais. De acordo com a agência de pesquisa Euromonitor, o mercado de produtos saudáveis cresceu, em média, 12,3% entre 2014 e 2018.

E neste mercado está a Superbom, indústria adventista que completa 95 anos em 2020. Ela espera crescer também ainda mais, apesar da crise econômica. E a novidade é que, a partir deste dia 15 de setembro, a empresa ampliará suas vendas via marketplace, ou seja, fortalecerá a presença no âmbito digital. Por isso, a Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN) conversou com o diretor de marketing da indústria, David de Oliveira, para entender melhor esta nova operação.

O que significa, em termos de distribuição dos produtos da Superbom, esta entrada no marketplace (ambiente de comércio on-line) da Magalu e Mercado Livre?

A entrada da Superbom no universo de marketplace, especialmente no Magalu e Mercado Livre, tem como principal objetivo a disponibilidade de produtos. Agora, de qualquer parte do País, será possível encontrar e comprar produtos Superbom, de forma fácil e prática.

Por que a Superbom resolveu entrar nesta operação? O que foi determinante para este passo?

A Superbom possui mais de 25 mil pontos de venda em todo País, mas havia um pedido constante dos nossos consumidores para criar canais digitais de venda. Agora criamos meios de atender nossos clientes também nessa frente, que inclusive se tornou tão importante nesse momento de pandemia.

Operação

Quais produtos serão vendidos e, neste primeiro momento, a distribuição ocorrerá em uma determinada região ou haverá atendimento em todo o Brasil?

Vamos iniciar a operação com mais de 30 produtos, para ir sentindo todo o processo de distribuição, e depois, iremos incluindo os demais itens do portfólio. A distribuição será em todo Brasil, sim, por meio do Mercado Livre, e apenas na região metropolitana de São Paulo, pela Magalu.

E quanto aos preços? Neste canal de distribuição os consumidores conseguirão encontrar algumas promoções dos produtos saudáveis da Superbom?

Sim, teremos algumas promoções bem interessantes, especialmente para o período de lançamento. Vai valer a pena entrar lá e conferir.

Preços

Uma pergunta recorrente é sobre preços de produtos da Superbom. O que é levado em conta para formar o preço de um produto desta linha de alimentação saudável até chegar ao consumidor?

Este é um assunto que está muito pulsante na Superbom. Este ano foi estabelecida uma área de pricing na empresa, para adotar as melhores práticas do mercado na formação dos preços dos nossos produtos. Os principais vetores hoje são: custos de matérias-primas, custo de produção, custo de comercialização e impostos. Todo esse conjunto de dados passou a ser comparado ao preço médio de mercado. E se o preço da Superbom estiver próximo ao preço de mercado, o novo produto é lançado. Caso contrário, não.

Hoje a Superbom está situada de que maneira neste mercado de produtos saudáveis no Brasil? Aliás, o que este mercado já representa dentro do ramo de alimentos?

A Superbom é uma indústria referência no mercado de alimentação saudável do Brasil. Já são 95 anos atuando nesse segmento no País. E para um momento em que o mercado de alimentos saudáveis cresce mais do que o da alimentação convencional, é importantíssimo para a Superbom criar novos meios de chegar ao consumidor.

Teremos ainda outras novidades da Superbom para os próximos meses? Pode antecipar algo?

Teremos novidades, sim, inclusive diversos lançamentos de substitutos da carne em embalagens food service. Ideal para atender refeitórios, lanchonetes, restaurantes, etc. E novos produtos também para o varejo convencional. Tem muita coisa boa chegando por aí.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox