Notícias Adventistas

Retrospectiva SP 2013 – Fevereiro

Lembre as principais ações dos adventistas no Estado de São Paulo

retrospectiva-2013[2]Engenheiro Coelho, SP…[ASN] No segundo dia da retrospectiva para os adventistas no Estado de São Paulo em 2013, os principais fatos do mês de fevereiro serão lembrados. O mês que começou com a inauguração do primeiro templo adventista de um município que três anos antes não tinha presença adventista e culminou com o jejum e oração por 10 dias pelo reavivamento e reforma, teve atividades corriqueiras – como a volta às aulas e os retiros espirituais durante o carnaval – e outras inesperadas, como a ajuda humanitária às vítimas de enchentes em Cubatão.

Primeiro templo adventista de Itobi

Plantio de Igreja
No segundo dia do segundo mês de 2013 foi inaugurado o primeiro templo adventista na cidade de Itobi, cidade a 250 km da capital paulista. A inauguração da igreja representou o êxito da parceria entre a União Central Brasileira (UCB – sede administrativa da Igreja Adventista para todo o Estado de São Paulo) e a Associação Paulista Central (APaC – sede administrativa da Igreja Adventista para a região central do território paulista) de levar a mensagem de esperança para um município onde, há 3 anos, não havia presença adventista em meio aos cerca de 7,5 mil moradores.
Inaugurado primeiro templo adventista em Itobi
Além da UCB e da APaC, o Centro Universitário Adventista de São Paulo campus Engenheiro Coelho (Unasp-EC) e o Centro de Vida Saudável (Cevisa) participaram do processo que plantou uma igreja adventista em Itobi.

Na contramão do mundo
Fevereiro é conhecido como o mês do carnaval. Em meio ao samba da globeleza e aos desfiles que tomam conta da programação televisiva, o noticiário mostrou o costume adventista de fugir da folia carnavalesca. O G1, portal de notícias da Globo, destacou um grupo que fugiu do agito do carnaval para se reunir em retiro espiritual no interior. Na matéria, o acampamento de carnaval da Igreja Adventista de Santos ganhou notoriedade, mostrando para os internautas um oásis de paz e reflexão em meio ao barulho e movimento das grandes cidades.

Ajuda humanitária
Outra ação que ganhou repercussão na mídia tradicional foi a de adventistas de Cubatão, na baixada santista. Devido às fortes chuvas do dia 22 de fevereiro, deslizamentos de terra causaram prejuízos na região. Cerca de 500 pessoas ficaram desabrigadas e a rodovia dos Imigrantes, que liga a região à capital paulista, foi interditada. Nesse contexto, voluntários adventistas se revezaram em uma escola para arrecadar roupas, calçados e alimentos para os desabrigados.

A Ação Solidária Adventista (ASA) e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) mobilizou voluntários para ajudar as vítimas das chuvas em Cubatão.

Governador de São Paulo falou sobre saúde pública na Aula Magna do Unasp-SP

Volta as aulas
Em fevereiro, 70.884 alunos da Rede de Educação Adventista no Estado de São Paulo voltaram às aulas nas 77 diferentes unidades escolares ou no Centro Universitário tri campi. Foram 51.659 alunos matriculados no Ensino Fundamental, 9.440 no Ensino Médio e 9.785 no Ensino Superior. Para o grupo de graduandos, o Governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, apresentou uma aula magna no dia 22 de fevereiro.

Oração e jejum
No final do mês de fevereiro, os adventistas em oito países sul-americanos clamaram pelo reavivamento e reforma espiritual por meio de jejum e oração. A campanha de oração começou no último dia de fevereiro e durou 10 dias, sendo encerrada com uma programação especial. Amanhã, na retrospectiva do mês de março, lembraremos como foi o fim dos 10 dias de jejum e oração.[Equipe ASN, Lucas Rocha]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox