Notícias Adventistas

Capacitação orienta pastores no processo de plantio de novas igrejas

Durante o encontro foi ressaltado o sonho de se plantar 100 novas Igrejas em Goiás

Por Maycon Santos 12 de março de 2020

Programa traz diretrizes para o evangelismo e o plantio de novas Igrejas.Foto: Jessie Aias

Na manhã desta quinta-feira (12), cerca de 60 pastores se reuniram na cidade de Nerópolis. O dia foi reservado para a comunhão com Deus, para firmar laços de amizades entre os pastores, mas principalmente para conversar da missão da igreja em Goiás.

A secretaria de campo como é chamado o encontro acontece a cada 21 dias, em seis regiões do território administrado pela Associação Brasil Central de forma simultânea. Diante do assunto a ser tratado, todos os pastores se reuniram hoje. O momento é reservado para instruir, capacitar e dar uma injeção de ânimo na equipe pastoral.

A secretaria de campo é composta por várias partes: capacitação, inspiração e alinhamento. “É uma reunião de acompanhamento e desenvolvimento ministerial. Estamos constantemente ao lado dos pastores ajudando em seus desafios e na sua jornada”, explicou o secretário executivo da ABC, pastor Giulian Vasques.

Segundo o presidente da sede administrativa, pastor Fábio Lúcio Dias, o maior objetivo é colocar no coração de todos o desejo de expandir o Reino de Deus com o plantio de Igrejas.

“No começo do nosso quadriênio decidimos juntos o sonho de plantarmos 100 novas Igrejas e hoje já somamos mais de 40 Igrejas plantadas em dois anos”. Ainda conforme o presidente, depois deste encontro, os pastores saem motivados para plantarem as Igrejas que faltam.

Para ajudar a encarar os desafios futuros, o pastor Gilson Magalhães, responsável pelo Evangelismo na região Centro Oeste (UCOB), destaca que é preciso restaurar a vocação do pastor Adventista.

“O pastor pode ajudar os membros na multiplicação, criar uma atmosfera de missão dentro da Igreja, utilizar os recursos como dons e talentos dos membros e sempre trabalhar em cima disso, assim, essa Igreja vai perceber que pode fazer muito mais”, salientou.

O pastor Jormarson Dias, líder para as áreas de Ministério Pessoal e Escola Sabatina na (UCOB), ressaltou duas formas do plantio de novas Igrejas. A primeira é a forma circunstancial, pois surge sobre demanda, por exemplo número de participantes. A segunda forma é pelo resultado e esforço externo.

“A melhor maneira é olhar para trás e observar a história de nossos pioneiros, pois eles começaram com muita paixão, assim deve ser o nosso propósito também”, afirmou.

Durante o programa os pastores discutiram novas ideias e como podem aplicá-las em sua região.

“Uma das estratégias que eu aprendi é treinar a liderança da igreja local, discipular os meus líderes para que eles ajudem a expandir o reino de Deus”, contou o pastor Luiz Antônio Weber, responsável pelo distrito de Ceres.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox