Notícias Adventistas

Pastores descobrem seus pontos fortes para aplicarem na missão

Durante uma reunião, através de um teste psicológico, os pastores descobriram seus pontos fortes para o trabalho.

4 de março de 2015
10865936_901300419920411_4281450645948803562_o

Pastor Marlinton Lopes explica a visão Cada Um Salvando Um para o grupo de pastores da Associação Sul-rio-grandense, sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia no leste do RS.

Porto Alegre, RS… [ASN] Na terça-feira, dia 3 de março, durante uma reunião com todos os pastores do leste do RS foi realizado um teste do Grupo Apse que assessora empresas, orientando-as na gestão de seu capital humano, com base na Pesquisa de Potencial e Desempenho. O motivo desse teste é o foco no envolvimento das pessoas no trabalho missionário, pois no Sul do Brasil, a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem dado incentivo para que os pastores descubram as habilidades, os dons, de cada um dos fiéis, para que eles se envolvam em salvar.

Neste encontro, que aconteceu na sede administrativa da Igreja Adventista no leste do RS, estiveram presentes os líderes da Igreja Adventista no Sul do Brasil, a União Sul-Brasileira (USB), dentre eles os pastores Marlinton Lopes, presidente, Evandro Fávero, secretário, José Santos, diretor do departamento de fidelidade, Alex Palmeira, diretor da Escola Sabatina e Ministério Pessoal e Marcelo Cardoso, evangelista.

Antes da aplicação deste teste, os pastores locais entenderam a importância dele para a visão da Igreja Adventista no Sul do Brasil, Cada um Salvando Um, tema da reunião.

Durante a explicação dessa visão, o presidente da USB, pastor Marlinton Lopes, afirmou que o objetivo da Igreja é o envolvimento de pessoas para salvação de outras, ele disse que, “um morreu para salvar todos para que agora cada um possa salvar um”, se referindo ao sacrifício de Jesus pela humanidade.

O pastor Lopes acrescentou a isso estudos que mostram que a igreja, no passar dos anos, trabalhou em busca de batismos, frentes de trabalho missionário, campos missionários a serem alcançados, entre outras coisas como esforços humanos realizados para que Jesus pudesse voltar. De acordo com a crença da Igreja Adventista do Sétimo Dia no retorno de Jesus a Terra.

Mas, de acordo com o presidente, com base em Mateus 24:14, onde diz “e será pregado o evangelho a todo mundo”, a Bíblia apresenta o passivo divino, sendo assim, é obra de Deus concluir a pregação do evangelho. Ele não isenta a parte humana, ele continua explicando que a parte das pessoas também está apresentada na Bíblia, no livro de Mateus 25 através da:

comunhão, apresentada na parábola das dez viagens;

relacionamento, apresentada na cena do grande julgamento;

missão, apresentada na parábola dos talentos.

Após a realização do teste, e o resultado em mãos, os pastores foram divididos em salas de acordo com seus pontos mais fortes para aprenderem como usá-los dentro da visão Cada um Salvando Um. Objetivo é que posteriormente eles apliquem esse conhecimento dentro de suas igrejas.

Cada líder da USB ficou responsável por uma sala, e lá o responsável pelo grupo explicou resumidamente o ponto forte do pastor e assim todos os eles tiveram uma visão geral de como as pessoas podem usar seu potencial máximo para se envolverem na visão e também na comunhão, relacionamento e missão.

Neste mesmo dia, os diretores de departamento da Igreja Adventista no leste do RS apresentaram suas agendas de atividades deste ano. [Equipe ASN, Bianca Lorini]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox