Notícias Adventistas

Líderes adventistas fazem pausa para lembrar dos servidores que faleceram de covid-19

A Comissão Diretiva da Associação Geral recordou-se daqueles que morreram cumprindo a missão

Por Marcos Paseggi, Adventist Review 13 de outubro de 2021

Adventist Mission compartilhou vídeo em homenagem aos quase 800 líderes e servidores da Igreja que faleceram de coronavírus desde o ano passado (Foto: Reprodução)

Os membros da Comissão Diretiva da Associação Geral (GCEXCOM) interromperam as reuniões do Concílio Anual no dia 8 de outubro de 2021 para lembrar dos muitos servidores e missionários que se infectaram e perderam suas vidas por conta da covid-19.

Na sede mundial da Igreja Adventista em Silver Spring, Maryland, Estados Unidos, os líderes convidaram os membros participantes do encontro, presencial ou virtualmente, a ficarem um momento em silêncio para refletir sobre a vida daqueles que pagaram o sacrifício supremo por seu serviço.

Leia também:

O Ministério da Saúde da Igreja Adventista homenageou os trabalhadores dos hospitais e clínicas que perderam suas vidas para a doença enquanto serviam a outros. Os membros da GCEXCOM fizeram 30 segundos de silêncio para prestar homenagem ao compromisso daqueles que morreram.

O departamento da Missão Adventista (Adventist Mission, em inglês) produziu um vídeo que incluiu nomes, idades e funções de alguns dos servidores que faleceram durante a pandemia. “Como sabemos bem, a covid-19 matou milhões, e nós também perdemos para a pandemia muitos fiéis adventistas e obreiros da igreja, nossos colegas em missão”, dizia o narrador do vídeo. “Esses trabalhadores dedicados morreram no combate, levando uma mensagem de esperança a um mundo agonizante, uma mensagem de esperança no breve retorno [de Jesus].”

Reconhecimento

O vídeo de nove minutos, que o presidente da Igreja Adventista, Ted N. C. Wilson, descreveu como “uma apresentação maravilhosa e tocante”, começou exibindo a experiência do missionário Manuel Bellosillo. O médico filipino de 67 anos estava em Camarões e foi o primeiro servidor da Igreja a se infectar e morrer do vírus em agosto de 2020.

O diretor do Ministério da Saúde da Igreja Adventista, Peter Landless, disse na época do funeral de Bellosillo que o experiente missionário adventista passou sua vida “servindo um mundo quebrantado, pelo qual ele pagou o mais alto dos preços.”

O vídeo também homenageou a memória de pessoas como Daniel Reband, de 67 anos, diretor do departamento de Mídia na Divisão Euro-Asiática, que descansou em 5 de outubro de 2020. Essa lista de servidores incluía Ervin González, de 59 anos, diretor do departamento de Publicações da Divisão Interamericana, que faleceu das complicações da covid-19 no dia 31 de dezembro de 2020; e Pablo Carreño, de 45 anos, tesoureiro da União Leste Venezuelana, que faleceu no dia 22 de abril de 2021.

A lista da apresentação também incluiu pastores, evangelistas, profissionais da saúde, professores, colportores e funcionários de escritório. A doença afetou muitos trabalhadores experientes, mas também jovens missionários. Entre eles estavam David Apu Baroi, de 42 anos, voluntário adventista na União de Bangladesh; Levi Hernandez, de 31 anos, pastor da Associação Central de Tabsco, no México; e Ingrid Gracia, de 20 anos, que era diretora dos Ministérios da Mulher e da Criança na Missão Andina Leste da Venezuela.

A homenagem se encerrou com um convite aos membros da Igreja para ansiar pelo dia em que, de acordo com os ensinamentos da Bíblia, aqueles que morreram no Senhor serão ressuscitados para uma nova vida e recebidos para viver com Deus. “Bem está, bom e fiel servo”, leu o narrador do vídeo, citando as palavras de Jesus em Mateus 25:23. “Entra no gozo do teu Senhor.” E foi encerrado com: “Até nos encontrarmos novamente naquele dia glorioso”.

Assista ao vídeo completo (em inglês):


versão original desta notícia foi publicada pela Adventist Review.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox