Notícias Adventistas

Instituto Adventista Paranaense abre 1ª turma de licenciatura em Teologia do Brasil

Instituição passou a ser a pioneira no País a adquirir a autorização do MEC em que bacharéis também possam graduar-se em licenciatura em Teologia

Por Gisele Ferri e Lucas Souza 26 de fevereiro de 2021

Nova opção auxiliará desenvolvimento de alunos para assumir outras responsabilidades após a formatura (Foto: Divulgação)

O Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia (SALT) promoveu nesta quinta-feira, 25, a aula magna da Licenciatura em Teologia. O evento marcou oficialmente o início das atividades do curso no Instituto Adventista Paranaense (IAP). O encontro contou com a presença de toda a diretoria acadêmica da instituição.

Com o tema A importância do Ensino Religioso, o doutor e reitor do SALT para oito países sul-americanos, pastor Adolfo Suárez palestrou de forma remota para os estudantes que iniciaram a sua jornada de capacitação acadêmica e espiritual. Segundo Suárez, a data servirá como um marco na história de toda instituição, sendo lembrada pelas gerações vindouras. “Que esse projeto possa abençoar milhares de crianças e jovens que serão influenciados por esses futuros professores e professoras tementes a Deus e alicerçados nas Escrituras”, destacou.

Leia também:

Foi no final do ano de 2019 que o Ministério da Educação (MEC) aprovou a liminar que habilita futuros bacharéis a também graduarem-se com licenciatura em Teologia, possibilitando a docência da disciplina de ensino religioso em escolas públicas e privadas. Com isso, o SALT- IAP passou a ser a primeira instituição no Brasil a adquirir a autorização.

O reconhecimento do curso de bacharelado permite aos estudantes ter um diploma legitimado pelo Governo, o que amplia as oportunidades profissionais e expande a prática pastoral para fora do ambiente eclesiástico. A modalidade do curso superior permitirá aos futuros professores a ministração das aulas religiosas para alunos do ensino fundamental e médio.

Pioneirismo

Com ênfase no preparo integral dos universitários no nível de graduação em Teologia para servirem à Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) nas áreas ministerial — e agora pedagógica, o diretor do SALT-IAP, João Luiz Marcon, declarou que “devemos nos tornar o reflexo e a luz de Cristo, preparando os alunos para o segundo advento do Senhor.”

De acordo com Marcon, o compromisso é encontrar métodos que possibilitem o cumprimento da missão sem descaracterizar a Igreja Adventista e sua mensagem. Ele afirma ser essa uma das principais incumbências da instituição. “Nós estamos pensando em atender uma necessidade, que é a vocação ministerial para a educação, para a área educacional da Igreja Adventista. Contudo, o curso possibilita também exercer um trabalho na área pública como professor de religião, oferecendo ainda, para aqueles que desejam seguir na área acadêmica, a oportunidade de ampliar os horizontes de estudo e formação em Filosofia, Sociologia, e assim por diante”, explicou.

Por outro lado, ressaltou ele, é necessário avaliar a responsabilidade que agora está diante da instituição, já que este é o primeiro curso dessa natureza no Brasil. “Certamente, o Governo estará acompanhando de perto porque seremos referenciais para outras instituições abrirem, inclusive aquelas que não são adventistas. E esta é uma oportunidade de mostrarmos mais uma vez a importância da Educação Adventista no contexto em que vivemos”, destacou.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox