Notícias Adventistas

Feira dos Ministérios motiva membros em Rio Preto

A ideia da Feira é envolver os membros no trabalho dos departamentos da igreja local

7 de fevereiro de 2018

“É um momento para descobrir funções diferentes na igreja. Podemos servir a Deus en-quanto fazemos algo que gostamos”, destaca Rose Pavinato

São José do Rio Preto, SP… [ASN] A Igreja Adventista do Sétimo Dia do bairro Nova Redentora em São José do Rio Preto, interior paulista, promoveu sua 2ª Feira dos Ministérios no sábado, 3 de fevereiro. Seguindo o formato de uma exposição, vários estandes foram montados para apresentar os trabalhos de cada área da Igreja. “O objetivo desta feira é mostrar para os membros o que estamos fazendo e ao mesmo tempo estender a oportunidade de participarem da pregação do evangelho através dos diferentes ministérios”, conta o pastor do templo adventista do bairro Nova Redentora, Moisés Mattos. Ele acrescenta que, enquanto a primeira edição da feira foi importante para o maior engajamento dos membros em funções diferentes, a continuação do projeto tem sua ênfase compartilhada com a busca por voluntários com alto senso de responsabilidade. “Muitas vezes, as pessoas desistem no meio do caminho. Mas, para fazermos um bom trabalho, precisamos de gente comprometida”, destaca.

Esse objetivo está de acordo com as necessidades dos departamentos da Igreja. De acordo com Ellen Andrade, diretora da Recepção, a feira promove a participação de todos nas atividades evangelísticas da Igreja, mas isso só pode funcionar se o setor contar com voluntários responsáveis. “Temos um número reduzido de pessoas no departamento da Recepção, por exemplo. Durante a Feira dos Ministérios, elas podem conhecer melhor o que fazemos, e, depois, têm a oportunidade de sentir como é o trabalho. Mas sempre há uma dificuldade para recrutar novos participantes”, explica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rose Pavinato, diretora da Escola Sabatina, concorda com Ellen e percebeu que, apesar da dificuldade apresentada para fidelizar os novos participantes, eles estão em maior número – fato que atribui à Feira de Ministerios do ano passado. “É um momento para descobrir funções diferentes na Igreja. Podemos servir a Deus enquanto fazemos algo que gostamos”, explica Rose. [Colaborador local – Thamires Mattos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox