Notícias Adventistas

Expansão patrimonial na Grande Salvador contribui para avanço do trabalho evangelístico

20 de março de 2018

Igreja da Paralela está sendo construída em local de importante visibilidade

Salvador, BA … [ASN] A necessidade de construir igrejas em locais com boa visibilidade, com melhor aparência interna e externa e com acomodações adequadas para o público que a frequenta, está se tornando uma realidade na Grande Salvador. O projeto de expansão patrimonial que começou há cinco anos já possui mais de 160 construções e reformas concluídas ou que estão em andamento até o momento. Além da mudança no aspecto físico, a proposta é atrair mais pessoas para perto de Deus. Com o alcance do trabalho evangelístico realizado pela Novo Tempo, milhares de pessoas vão às igrejas procurando o que é visto na Tv.

De acordo com Wilian Carvalho Ferreira, responsável pelo departamento de Expansão Patrimonial da Associação Bahia dos Adventistas do Sétimo Dia, alguns projetos desafiadores estão em execução, com previsão para serem finalizados em 2018, como a construção da igreja da Avenida Paralela. “Esses dois projetos têm necessidades específicas, mas que demandam a mesma atenção dos que estão em andamento em pequenas cidades, como o Santuário localizado no município do Conde, no povoado de Estiva Nova, onde já foi realizado evangelismo, já tem a igreja funcionando com membros regulares, aguardando ajustes finais”, acrescentou.

Só o ano passado,  cerca de 6 milhões de reais foram empregados em reformas e construções das igrejas nos quatro cantos de Salvador e Região Metropolitana. Alguns projetos estão recebendo doações de baianos e sergipanos, em parceria com o escritório administrativo da Igreja Adventista para os estados da Bahia e Sergipe – ULB e, também, de outros estados.

Wilian revela que o bom andamento de uma construção depende da maneira como ela é administrada. “Com pouco ou muito dinheiro, devemos começar a construir, mas sempre com um planejamento financeiro eficiente e a igreja tendo em mente onde pretende chegar, além de observar o montante dos recursos necessários para esse objetivo’, ressaltou. O comprometimento e desprendimento dos membros tem sido uma iniciativa importante para todo o sucesso do projeto de expansão patrimonial, o que significa que o percurso percorrido até aqui não é de um grupo de pessoas, mas de toda a igreja.

Após reforma, igreja do Iapi ganhou estrutura moderna e adequada para receber membros e visitantes

Membro da igreja do IAPI, Fernanda Linhares conta que percebe o cuidado de Deus ao entrar no novo templo. “Tínhamos um ambiente com vazamentos, um teto de Eternit que esquentava muito e atrapalhava a concentração no culto e com muitas crianças as condições não eram boas. Existia uma rampa que em tempo de chuva ficava perigosa, apesar do corrimão.  O rol de berço e o quarto pastoral sofriam muito com as chuvas, pois enchiam e os irmãos tinham um grande trabalho para deixar tudo organizado. O tanque batismal que antes ficava escondido, hoje é um convite visível aos que desejam nascer novamente. É um prazer imensurável entrar na minha igreja e contemplar o quanto ela foi transformada e se tornou mais aconchegante e linda”, revela Fernanda.

De acordo com o líder dos Adventistas na Grande Salvador, pastor José Wilson Barbosa, a intenção em reformar as igrejas e construir novos santuários tem em vista a perspectiva de oferecermos melhores locais para adoração a Deus e ter um ambiente que facilite a apresentação da Tríplice Mensagem Angélica, ou seja, uma bonita embalagem para um presente mais que especial.

[Equipe ASN, Monique Anjos]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox