Notícias Adventistas

Delegados conhecem ação adventista no leste da África e ex-repúblicas soviéticas

Conheça um pouco do que é a Igreja Adventista nessas duas regiões.

6 de julho de 2015
Delegação da Divisão Euro Asiática durante apresentação no palco principal do Alamodome

Delegação da Divisão Euro Asiática durante apresentação no palco principal do Alamodome

San Antonio, EUA … [ASN] Os relatórios que as divisões mundiais da Igreja Adventista apresentam, durante a Assembleia Mundial da organização, ajudam a dar uma dimensão de como a mensagem bíblica é difundida em diferentes etnias e culturas. Na noite desse domingo, 5, foi a vez de os 2.500 delegados presentes e convidados assistirem aos relatórios da Divisão Centro-Leste Africana, com sede em Nairóbi, Quênia e a Divisão Euro Asiática, sediada em Moscou, na Rússia.

O interessante foi perceber que, no relatório feito pela liderança da Igreja na Divisão Centro-Leste Africana, a intenção foi apresentar uma mudança de imagem da região. A ideia foi deixar claro que não há só pobreza por lá. Mas há prédios de igrejas, sedes administrativas e universidades bem apresentadas e que, por meio de suas atividades, levam esperança bíblica à sociedade.

A Igreja nessa região possui aproximadamente 3 milhões de membros, divididos em 23 mil congregações em 11 países diferentes. Países com forte presença e influência adventista como o Quênia que possui uma das universidades melhor conceituadas do continente africano e por onde já passaram mais de 50 mil alunos. A Universidade Adventista da África possui um respeitado programa de mestrado e doutorado em Teologia e, nesse ano, formou a primeira turma de doutores.

Há, no entanto, países pobres e com grande desafio missionário na região como a Somália, local em que a Igreja Adventista está presente principalmente por meio das atividades da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, a ADRA.

Nos últimos cinco anos, um dos maiores esforços missionários foi a realização de séries de evangelismo em grandes cidades desses 11 países como Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, em que os próprios servidores da Divisão participaram com a exposição das mensagens bíblicas.

Divisão Euro Asiática

Quem fechou a noite de relatórios foi a Divisão Euro Asiática. Um dos destaques do informativo que eles deram aos delegados tinha relação com a ação de distribuir oito milhões de livros missionários, incluindo o título A Grande Esperança, durante os últimos cinco anos na região, formada especialmente por países com predominância islâmica e egressos da extinta União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (antiga URSS).

No território compreendido pela Divisão Euro Asiática (com 115 mil membros adventistas), formado por 13 países e mais de 100 grupos étnicos diferentes (o que inclui diversas línguas e costumes), a população em geral é de 330 milhões de habitantes. Nessa área do mundo, a solidariedade é uma palavra bem compreendida. Foi o que motivou a Operação Anjos do Leste, por exemplo, que transformou a tragédia dos refugiados na última guerra ocorrida na Ucrânia para ser uma oportunidade de ajudar pessoas sem casa, sem comida e sem perspectiva. Até casas foram reconstruídas por apoio de voluntários adventistas. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox