Notícias Adventistas

Cultos matutinos recebem cerca de 50 pessoas envolvidas em projeto mundial de oração

Os cultos acontecem diariamente na Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Porto Alegre.

24 de fevereiro de 2015
20150223_063833

Momentos de oração entre o fiéis.

Porto Alegre, RS… [ASN] O projeto “Dez dias de oração e dez horas de jejum”  visa dar oportunidade de estabelecer e intensificar uma rotina de oração visando o derramamento do Espírito Santo. Através de iniciativas diversas, os membros da igreja são desafiados à orar ainda mais, com mais frequência e intensidade. O projeto ocorre do dia 19 a 28 de Fevereiro de 2015 e tem como propósito preparar a igreja para os projetos missionários do ano. Na Igreja Adventista Central de Porto Alegre várias iniciativas foram tomadas a fim de promover este projeto.

No lançamento do projeto na Igreja Adventista de Porto Alegre todas as família receberam uma cópia da revista “Reavivados pela Oração”, que é uma compilação de citações do livro Prayer (A Oração), da escritora norte americana, Ellen White. A proposta é que a cada dia, o estudo de temas relacionados à oração, estimulem a prática da mesma.

Leia também:

Fiéis acordam cedo para participarem de culto de oração

Além disso, os membros foram desafiados a orar por seus amigos e conhecidos às 7 horas, da manhã e da noite, sete dias por semana. No entanto, o que mais tem chamado atenção, dentre todas as iniciativas, são os cultos realizados diariamente pela manhã, que são sempre seguidos por uma desjejum especial. O horário é desafiador, 6:30 horas da manhã, mas o resultado tem sido recompensador. De acordo com Solange de Souza Lucas, que tem participado dos encontros de oração o resultado “está sendo maravilhoso e ao mesmo tempo ilógico e inexplicável, nós convidados as pessoas a levantar cedo e ainda assim as pessoas vêm, isso não existe. Está sendo muito bom”, destaca Solange.

Cerca de cinquenta pessoas tem frequentado os encontros de oração diariamente. Para a diretora do Ministério da Mulher, Silvania Andriotti Santos, “o projeto tem superado todas as expectativas. E além de promover a oração, temos visto crescer a união dos irmãos. Quem não pode ou não consegue participar dos encontros tem realizado o projeto em casa, com a família. Tem sido uma bênção. O nosso objetivo é envolver toda a igreja”, afirmou. [Equipe ASN, Bianca Lorini – Colaboração Israel Cavalli]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox