Notícias Adventistas

Conheça os novos líderes do território paulista

Entre as novidades, está a chegada de três novos líderes: o tesoureiro, pastor Edson Erthal de Medeiros, o líder de Desbravadores e Aventureiros, pastor Paulo Fernandes e a líder do Ministério da Mulher e AFAM, a educadora Telma Brenha.

Por Jhenifer Costa 8 de novembro de 2018

Eleita nova equipe administrativa que vai gerenciar os departamentos da Igreja Adventista no estado de São Paulo.

Entre os dias 4 e 5 de novembro, 136 delegados elegeram a equipe de líderes e administradores que vão gerenciar a Igreja Adventista no Estado de São Paulo na 7a Assembleia Quinquenal da União Central Brasileira (UCB).

 

Agora, a sede administrativa no território paulista (UCB) tem 14 departamentos responsáveis pelas principais áreas de serviço da instituição. Entre as mudanças, está a chegada de três novos líderes: o tesoureiro, pastor Edson Erthal de Medeiros, o líder de Desbravadores e Aventureiros, pastor Paulo Fernandes e a líder do Ministério da Mulher e AFAM, a educadora Telma Brenha.

Conheça-os

Edson Erthal de Medeiros

Medeiros, nascido em Curitiba, no Paraná, é formado em Ciências Contábeis, pós-graduado em Administração Financeira e Gestão de Negócios. É mestre em Administração Estratégica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), campus Paraná. Atuou na contabilidade e tesouraria na Associação Sul-Rio-Grandense e Associação Sul-Paranaense. Foi diretor financeiro por oito anos na Casa Publicadora Brasileira (CPB), até ser chamado para atuar como tesoureiro da União Sul Brasileira (região sul do país) em 2015. Ele e sua esposa, a professora Zuleica Oliveira Reis Medeiros, tiveram dois filhos, Edson, 18, e Marcos, 12.

“Quero pautar meu trabalho no cuidado dos recursos, a fim de empregá-los na missão. Para mim, é imprescindível ter uma boa gestão e transparência no uso do dinheiro da Igreja. Além, é claro, do foco na missão e no crescimento da Igreja em suas diferentes áreas de atuação”, promete o líder Medeiros.

 

Telma Brenha

Telma é formada em Pedagogia, pós-graduada em Psicopedagogia. Trabalhou durante 22 anos na área educacional, onde atuou como professora do Ensino Infantil e do Ensino Fundamental I. Também foi orientadora das duas áreas até atuar na mesma função no Ensino Fundamental II e no Ensino Médio. Por fim, foi nomeada líder do Ministério da Mulher na Associação Paulistana (região central de São Paulo), onde atuou durante quatro anos. Telma é casada com o pastor Elias Brenha, com quem teve duas filhas, já casadas, a publicitária Kamila e a psicóloga Keise.

“Como nos anos anteriores, coloco-me à disposição da Igreja para servir usando todos os meus talentos. O que mais quero nos próximos anos é conseguir desenvolver nas mulheres o senso da missão, para que cada uma, segundo seus dons e talentos, possa fazer o máximo para a obra do Senhor aqui nesse mundo. Um novo começo é sempre desafiador, mas sinto-me muito feliz pela oportunidade de assumir essa responsabilidade”,  declara Telma.

 

 

Paulo Sérgio Fernandes

Fernandes é formado em Teologia, com 30 anos de experiência na carreira pastoral. Trabalho na Associação Sul Mato-grossense (região sul do Mato Grosso) por nove anos no distrito e sete no Ministério Jovem. Depois, foi conduzido para trabalhar na Associação Paulista Oeste (região leste do estado), onde ficou dois anos cuidando de igrejas locais e três no Ministério Jovem. Seu último lugar de atuação foi na Associação Paulista Leste (região leste do estado), onde liderou o Ministério Jovem, Desbravadores e Aventureiros. Fernandes é casado com Kézia Rúbia Cardoso Fernandes, com que tem dois filhos, Paulo, que é engenheiro civil e Henrique, formando em Medicina.

“Minha metas gerais para os próximos anos é realizar um acampamento de líderes estadual. Em parceria com o secretário ministerial (conselheiro de pastores da Associação Ministerial), também quero organizar o 2º acampamento de pastores do estado de São Paulo. Além disso, tenho o sonho de construir um museu nacional de desbravadores”, conta o pastor Fernandes.

 

“Nós não convertemos pessoas, mas Deus pode nos usar para fazer isso. Então, até Ele voltar, será um mais um até que toda a Terra O conheça. Avancemos!”, finaliza o presidente da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, pastor Domingos Sousa.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox