Notícias Adventistas

Concílio Anual da MisOM ressaltou bênçãos e alinhou projetos para 2021

Missão Oeste Mato-Grossense tem percentuais positivos em seu primeiro ano como novo campo da União Centro Oeste Brasileira. Resultados foram apresentados e destacados pelos líderes responsáveis por cada departamento da Igreja.

Por Gabriela Porto 7 de dezembro de 2020

Líderes da Igreja Adventista para a região Oeste Mato-Grossense se reuniram para participar do Concílio Anual da MisOM. Da direita para esquerda, pastor Francisco da Chagas (Secretário Executivo MisOM), pastor Evaldo Oliveira (Líder Geral da Igreja Adventista para região Oeste Mato-Grossense) e Paulo Fabrício (Diretor Financeiro MisOM). (Foto. Gabriela Porto)

Todos os anos, líderes administrativos e membros se reúnem para tratar assuntos do cotidiano da Igreja Adventista. Dentro dessas reuniões, são realizados votos de novos projetos para o ano seguinte, discussão de interesses para membresia adventista e exposições de relatórios do ano vigente.

Seguindo o tema da Divisão Sul-Americana: “Um novo Começo”, a abertura do concílio iniciou às 8h45 da manhã dessa segunda-feira, 07. A principal reunião administrativa da Missão Oeste Mato-Grossense (MisOM), foi composta por 28 representantes, sendo, 13 membros regulares, 8 membros eletivos, 5 convidados e 2 representantes da União Centro Oeste Brasileira (UCOB), pastor Alijofran Brandão, líder geral da Igreja Adventista para o Centro Oeste e Mateus Tavares, Secretário Executivo da Igreja Adventista para o Centro Oeste. Durante as reuniões, foram discutidos assuntos para o bom funcionamento e posicionamentos para o ano de 2021.

Pastor Evaldo Oliveira, líder geral da Igreja Adventista para o Oeste do estado de Mato Grosso, destacou as bênçãos realizadas em 2020, começando pelo desenvolvimento de mentoria, um projeto realizado com cada pastor distrital e família.

“Cada departamental é responsável e tem um grupo de mentoria com o foco na comunhão, relacionamento e missão individual, familiar e ministerial. Essa mentoria tem sido fundamental para nossos pastores, tem funcionado de forma conjunta e todos têm se ajudado em relação a planejamentos e objetivos a serem alcançados”, finalizou Oliveira.

Para as mulheres, a mentoria tem funcionado também, liderado pela professora Yasna Liz, o grupo também foi dividido devido as regiões do campo, com o foco de auxiliar cada uma no ministério e dar suporte dentro do lar.

Pastor Mateus Tavares, Secretário Executivo da União Centro Oeste Brasileira (UCOB), falou sobre a Declaração das Relações Humanas e a importância do envolvimento das novas gerações. (Foto. Gabriela Porto)

E diante da crise do ano, o Mato Grosso plantou sementes férteis e a colheita foi de novos discípulos para Cristo. As novas gerações fizeram parte desse movimento, um dos relatos prestados pelo líder geral, foi o envolvimento da juventude com o projeto do “Missão Calebe 2020”.

“Esse ano, a Missão Calebe teve uma duração de 12 semanas com 60 desafios. E com isso, resultou em mais de 2.800 interessados, um alcance de 1.200 estudos bíblicos, 860 assinaturas da lição da escola sabatinam e mais de 1.800 pessoas do grupo de risco foram assistidas e amparadas durante a pandemia e todo o processo da missão. Para 2021 queremos mais, nosso alvo é de 5.000 jovens engajados na Missão e não somente eles, queremos os membros da igreja local, familiares, obreiros, pastores, todos unindo forças para avançar com a obra e abreviar a volta de Jesus”, destacou.

Foram apresentados os materiais da Missão Calebe e ao final todos ganharam uma “Bíblia Missionária”, lançamento do projeto para 2021. O líder do Ministério jovem, pastor Krysthyann Zeferino, aproveitou para destacar a nova temática da Lição da Escola Sabatina jovem, intitulado “Contexto”.

Publicações 

E a semente germinou também para o Ministério de Publicações. A emoção foi nítida ao revelar que cem por cento da equipe de colportores estudantis obteve resultados positivos e retornaram ao colégio. Em todo campo da MisOM, os jovens distribuíram 3.420 livros, dentre estes, 1.240 foram livros relacionados a saúde, 654 sobre saúde emocional e 648 em assinaturas de revistas e exemplares infantis. E a benção maior, mais de 4 mil famílias foram atendidas pelos jovens. Ao todo, um crescimento de 55,34%.

Ministerial

Pastores, membros e convidados ganharam o livro “As Duas Faces do Ministério”, livro de Wellington Barbosa, que realça a compreensão do papel que pastores e anciãos desempenham na liderança da igreja. Na foto pastor Dalton Lima, apresentou o exemplar. (Foto. Gabriela Porto)

Outro destaque, foi o lançamento do livro “AS DUAS FACES DO MINISTÉRIO”, livro de Wellington Barbosa, que realça a compreensão do papel que pastores e anciãos desempenham na liderança da igreja a fim de contribuir para o desenvolvimento do corpo de Cristo. O livro busca assessorar o pastor a desenvolver suas atividades em uma perspectiva mais ampla, direcionada à expansão missionária, à capacitação de líderes e à supervisão das igrejas, enquanto os anciãos pastoreiam a comunidade local, assumindo a responsabilidade pelo cuidado, pela capacitação e pela nutrição dos membros.

Membros regulares, eletivos e convidados votam novos projetos para o ano de 2021, discutem interesses para membresia adventista e analisam relatórios do ano vigente. (Foto. Gabriela Porto)

Pastor Francisco da Chagas, novo Secretário Executivo da MisOM deu início aos relatórios, apresentando dados atualizados da secretaria da Igreja. Chagas, salientou o crescimento através dos batismos e o aumento na permanência da membresia diante do cenário de crise. O relatório foi um marco na história e evidenciou a expansão da obra missionária para o campo. O mesmo apresentou um relatório geral da instituição do ano de 2020.

Pontuando as necessidades o líder geral da Missão apresentou e finalizou falando sobre as marcas para o ano de 2021, são elas: Buscar diariamente o batismo do Espírito Santo; Fazer Discípulos e a Importância da participação ativa dos membros em um Pequeno Grupo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox