Notícias Adventistas

Começa a migração do novo sistema de tesouraria nas igrejas adventistas do Sul do PR

O sistema busca a padronização da tesouraria nas igrejas, em toda a América do Sul

2 de fevereiro de 2015
O novo sistema da tesouraria é o ACMS, já utilizado pelo departamento de secretaria.

O novo sistema da tesouraria é o ACMS, já utilizado pelo departamento de secretaria.

Curitiba, PR… [ASN] Cada igreja adventista local conta com um tesoureiro voluntário que tem como uma de suas responsabilidades principais receber o dinheiro dos dízimos e ofertas doados, registrando todos os valores arrecadados. O registro financeiro do que entra, bem como as despesas e investimentos na igreja são feitos através de um sistema online, como uma forma de organização e  prestação de contas.

Entretanto, com a intenção de unificar a linguagem da tesouraria da Igreja Adventista em toda a América do Sul, um novo sistema para o trabalho é apresentado aos tesoureiros, o ACMS (Adventist Church Management System). Já utilizado pelo departamento de Secretaria como forma de controle de membros e congregações, o ACMS será adotado pela tesouraria, trazendo facilidade ao trabalho.

“O sistema de secretaria vem funcionar em conjunto com o sistema de tesouraria das igrejas, sendo uma mesma base de dados quando se trata dos membros. Esse será o sistema oficial e estamos migrando todas as nossas igrejas para ele”, afirma o responsável pela equipe que atende os tesoureiros locais, Andreas Roschel.

O diretor financeiro da ASP, pastor João Adilson, acrescenta que o novo sistema facilitará o trabalho tanto dos tesoureiros quanto da secretaria, pois os dados pessoais e financeiros (dízimos e ofertas) acompanham o membro, caso ele mude de igreja e precise transferir suas informações.

Além disso, Andreas destaca que além da unificação, o ACMS vem atender às exigências legais do governo, prestando relatórios mais detalhados.

Para conhecerem o novo sistema, os tesoureiros das igrejas estão recebendo treinamento durante essas semanas.

Para conhecerem o novo sistema, os tesoureiros das igrejas estão recebendo treinamento durante essas semanas.

Para que os 206 tesoureiros da Igreja Adventista no Sul do Paraná conheçam o novo sistema, treinamentos são realizados com o objetivo de instruir e esclarecer as possíveis dúvidas que possam surgir. Há duas semanas, a equipe da ASP está voltando todos os seus esforços para esses treinamentos com as igrejas de Curitiba e região. Na próxima semana, será a vez dos tesoureiros do litoral e União da Vitória se familiarizarem com o ACMS.

A Igreja Adventista no Sul do Paraná é a sede administrativa que iniciou esse processo no Sul do país de forma mais expressiva. Os outros locais também começam, nos próximos meses, a fazer a migração para o sistema. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox