Notícias Adventistas

Começa a IV Assembleia Quinquenal da União Centro-Oeste Brasileira

Entenda como funciona essa reunião que acontece a cada cinco anos

Por Jenny Vieira 18 de setembro de 2019

O evento conta com 101 pessoas, entre membros de igrejas, pastores distritais, departamentais e administradores de campos. Foto: Erick Medeiros

Entre os dias 18 e 19 estarão reunidos, em Brasília – DF, os delegados e representantes de toda a Igreja no Centro-Oeste para o relatório e eleição dos departamentos da União Centro-Oeste Brasileira (UCOB), para os próximos cinco anos.

Você sabe como funciona essa reunião? A cada cinco anos, a UCOB, sede que administra a Igreja Adventista nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal, passa por um período de eleições que é chamado de Assembleia Quinquenal.

Essa assembleia é formada por representação de membros de igrejas, pastores distritais, pastores departamentais e por todos os administradores dos campos da União, formando, assim, um grupo de 101 delegados, no total.

Para que seja dado início ao processo de eleições, o pastor Alijofran Brandão, presidente da Igreja para esta região, deverá apresentar aos delegados o relatório, contendo os projetos realizados e o crescimento da Igreja, durante os últimos cinco anos no campo.

Atualmente, o quadro de departamentais da UCOB está assim:

Pastor Manoel Nunes: Pequenos Grupos e Saúde

Professor Almir Afonso Pires: Educação e Liberdade Religiosa

Pastor Lélis da Silva: Ministério Jovem, Desbravadores, Aventureiros, Universitários e Ministério da Música

Pastor Charlles Britis: Ministerial e Lar e Família

Lucilene Lima da Cruz Britis: Ministério da Mulher, AFAM e Lar e Família

Marcos Souza: Publicações

Eleni Wordell: Ministérios da Criança e do Adolescente

Jómarson Silva Dias: Escola Sabatina, Ministério Pessoal e ASA

 

A votação:

Assim como na igreja local, tudo é definido por meio de uma comissão. Por isso, cada associação convoca a sua comissão para selecionar os nomes dos delegados regulares que representarão o campo durante a Assembleia Quinquenal. Ao todo, 101 pessoas foram convocadas a participarem desta Assembleia. Todas poderão opinar no planejamento e estratégias que serão usadas pela Igreja para os próximos anos.

Após a aprovação do relatório apresentado pelo presidente, inicia-se a votação com todo o plenário, dos nomes que farão parte da comissão organizadora. Essa comissão será composta por 19 pessoas e deverá se reunir para votar os nomes que farão parte de uma segunda comissão: a comissão de nomeação. Essa, por sua vez, será composta por 21 pessoas e se reunirá para nomear os líderes de departamentos da UCOB.

Após serem votados os nomes para os devidos cargos, a comissão de nomeação se dirige para a plenária, a fim de apresentar os nomes escolhidos e obter aprovação do público. No caso de desaprovação do plenário ou até mesmo do próprio indicado ao cargo, nova votação será feita.

O processo visa transparência e democracia, na tentativa de escolher líderes que possam contribuir para a causa da Igreja com seus dons, talentos e experiência até o ano de 2024, salvo alguma mudança necessária que seja feita antes do período terminar.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox