Notícias Adventistas

Cinco pastores são ordenados ao ministério em Florianópolis

Pastores Homero Bubna, Jorge Rosa, Marcelo Coelho, Paulo Bráz e Willian de Oliveira confirmaram a vocação pastoral através de cerimônia neste sábado

2 de dezembro de 2015

ordenacao_281215_59Florianópolis, SC … [ASN] Um dos momentos mais marcantes para um bacharel em teologia é a sua ordenação. A cerimônia confirma a vocação ao ministério desses homens e sempre é realizada com grande serenidade pelas sedes administrativas das Igrejas Adventistas do Sétimo Dia. Neste sábado, 28 de novembro, cinco pastores foram ordenados pela sede Adventista no centro sul de Santa Catarina.

Os pastores ordenados neste sábado foram: Homero Bubna, Jorge Rosa, Marcelo Coelho, Paulo Bráz e Willian de Oliveira. A cerimônia aconteceu na Igreja Adventista do bairro Estreito em Florianópolis e emocionou os pastores. “O momento mais emocionante foi a oração quando todos os pastores fizeram a imposição de mãos. Foi demais. É neste momento que me senti verdadeiramente separado para o ministério”, comenta Marcelo Coelho, pastor do Espaço Vida e Saúde em Itajaí.

Na cerimônia os pastores receberam a túnica batismal, o certificado de ordenação e a credencial pastoral. “Nosso grupo de pastores é forte e com a ordenação desses cinco colegas o quadro pastoral fica ainda mais qualificado. São homens comprometidos com Deus e com as pessoas. Estão preparados para o ministério pastoral e essa cerimonia é apenas um reconhecimento público”, destaca o pastor Derli Agostini, líder da área ministerial da Igreja Adventista na região.

Cada ordenado tem uma história de como Deus o chamou ao ministério. Como é o caso do pastor William de Oliveira, que atuou neste ano como distrital no Sul da Ilha (Florianópolis). Mas por 14 anos ele foi pastor de outra igreja cristã antes de ser tornar Adventista. “Eu tinha o coração sincero e fui pastor em muitos lugares, inclusive nos EUA, até me estabelecer na cidade de Jaú, no interior de São Paulo.”, lembra o pastor William.

Mas em 2005 o pedreiro Luiz Barbosa o presenteou com fitas VHS cristãs. “Nas fitas haviam sermões do pastor Luiz Gonçalves. Eu comecei a assistir e não sabia nada sobre o que ele falava. Eu não tinha aquele conhecimento bíblico. Por isso fui estudando e copiando aqueles sermões para pregar na minha igreja”, explica Willian.

Foram dois anos e três meses estudando a Bíblia até que William decidiu deixar todo o seu ministério naquela Igreja e ser um Adventista. “Foi uma decisão difícil. Mas me desliguei naquela igreja e segui como Adventista”, lembra. William decidiu estudar teologia, só que desta vez no ensino Adventista.

“Como eu já tinha feito teologia, poderia apenas fazer a convalidação. Entretanto decidi iniciar do zero e fazer o curso completo. Foi uma luta muito grande tudo, mas ao ser ordenado pela Igreja Adventista, meu coração ardeu de alegria porque hoje me sinto pastor da igreja verdadeira. Quero consumir minha vida na pregação do evangelho até a volta de Jesus”, finaliza o pastor Willian. [Equipe ASN, Daniel Gonçalves]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox