Notícias Adventistas

Cerimônia de ordenação confirma vocação de pastores

Momento marcante da trajetória eclesiástica reconheceu o compromisso e a aptidão de três novos pastores ao ministério.

Por Érica Tavares 14 de dezembro de 2020

A imposição de mãos ordena e abençoa os pastores para o exercício de suas funções ministeriais. (Foto: Divulgação)

A cerimônia de ordenação ministerial reconhece o trabalho e a dedicação de teólogos que atuam como pastores na Igreja Adventista do Sétimo Dia e confirma sua vocação para o ministério. Portanto, trata-se de um momento de muita importância para aqueles que escolheram atuar nessa função. No último domingo (13/12), três pastores que desempenham suas atividades em igrejas da região sul do Maranhão foram ordenados: Atail Costa, Clécio Santos e Dayvd Silva.

Clécio sentiu o desejo de ser pastor por meio da influência de um grupo de membros de sua igreja, que convencidos de que ele seria bom nessa área , sugeriu isso ele. Depois de cursar Teologia e de iniciar suas atividades como pastor, Clécio considera a ordenação como a realização de um sonho. “Durante o período da faculdade eu sonhava com esse momento em que a Igreja reconheceria meu trabalho e, acima de tudo, me confirmaria como pastor segundo o coração de Deus”, relembra.

Para Dayvd, analisar o passado permite que ele reconheça que Deus conduziu a sua história até esse momento. A conclusão dos estudos e as mudanças foram desafios, porém ele persistiu. “Deus sempre me mostrou que não deveria desistir, que tinha que seguir em frente. E com certeza valeu a pena.”

O ato solene foi realizado na Igreja Central de Imperatriz, reunindo todos pastores que trabalham nesse território e os representantes da liderança da Igreja no região Norte, os pastores Leonino Santiago, Ozeias Costa e Raíldes Nascimento.

Leia também:

Na mensagem principal da noite, o pastor Leonino discorreu sobre os desafios do ministério pastoral e como deve-se lidar com as dificuldades. “O ministério não é fácil. Não é um lugar de glórias, mas de serviço. É para homens de fé e fibra, que serão abençoados pelo poder do Espírito Santo”, afirmou.

Da mesma forma, a importância da participação das mulheres no ministério pastoral foi ressaltada, pois entende-se que o chamado divino também estende-se às esposas. “A ordenação é uma consagração do pastor e de sua família para uma vida de oração e serviço”, resumiu o pastor Leonino.

Procedimentos

A ordenação pastoral é realizada depois de, pelo menos, quatro anos de experiência do aspirante ao pastorado no trabalho prático da igreja. Eles são avaliados de acordo com o regulamento da denominação e se aprovados, seguem para o próximo estágio. Com a ordenação, são reconhecidos como pastores da Igreja Adventista em todo o mundo.

O ato de imposição de mãos é um dos momentos mais marcantes da cerimônia. Nele, todos os pastores já ordenados abençoam os ordenandos, reconhecendo que eles estão prontos para atender a Igreja e cumprir sua missão.

Os pastores recém-ordenados receberam o certificado de ordenação e sua nova credencial ministerial, que os autoriza a exercer todas as funções de um pastor, como, por exemplo, celebrar casamentos e batizar. Além disso, foram presenteados com uma Bíblia e uma bata para a realização de batismos.

Conheça os pastores ordenados:

O pastor Atail de Jesus Cordeiro Costa é natural de Igarapé-Miri, Pará. Formou-se em Teologia na Universidade Adventista da Bolívia (UAB) no ano de 2014. Iniciou seu ministério no projeto Missão Global, na Missão Sul Maranhense. Posteriormente, foi pastor na cidade de Colinas, onde permaneceu por três anos. Atualmente é pastor do distrito Bacabal II. É casado com Elizabeth Davies Costa e tem dois filhos: Anthony (6) e Ellen (3).

O pastor Clécio Almeida dos Santos nasceu na cidade de Mairi, Bahia. Formou-se em Teologia na Faculdade Adventista da Bahia (FADBA), no ano de 2014. O início de seu ministério se deu na Missão Sul Maranhense, atuando no projeto Missão Global. Logo depois, foi pastor nos distritos de Olha D’Água das Cunhãs e Vitorino Freire. Atualmente desenvolve seu ministério em Barra do Corda. É casado com Sara Carvalho da Silva. Clécio e Sara são pais de Daniel (2).

O pastor Dayvd Reis Silva nasceu na cidade de Belém, Pará. Em 2014, formou-se em Teologia na Faculdade Adventista da Bolívia (UAB), em Cochabamba. Em seguida, iniciou seu ministério no território da Missão Sul Maranhense, trabalhando no distrito de Buriticupu e de Porto Franco. Atualmente é pastor na cidade de Santa Luzia do Paruá. Casado com Clívia Carvalho Silva, são pais de Aysha (17), Maria Eduarda (15) e Yasmin (13).

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox