Notícias Adventistas

Cerca de mil mulheres participam do Congresso “Senhor do meu Tempo” 

Por Isadora Schmitt 6 de agosto de 2019

Cerca de mil mulheres participaram do Congresso.

Dia 3 agosto foi um dos dias mais frios de 2019 em São Bernardo do Campo. Mesmo com os termômetros apontando a temperatura de 9 graus, as mulheres das igrejas da Associação Paulista Sudeste (APSe) participaram o dia inteiro de um encontro no Cenforpe, em São Bernardo do Campo. A programação teve como tema “O Senhor do meu Tempo” e contou com a participação de palestrantes como a jornalista Darleide Alves, a coach Roseli Fonseca, o pastor Robson Menezes, entre outros convidados. Cerca de mil mulheres estiveram presentes no evento.

“O dia hoje foi incrível. Foi um programa totalmente planejado para atender às necessidades das mulheres. Eu fico muito feliz, pois o objetivo foi alcançado. Nós tivemos várias ações realizadas, palestras diferenciadas e muitas mulheres foram beneficiadas. O frio de hoje não atrapalhou o programa, as mulheres estão aquecidas pelo poder do Espírito Santo”, afirma a líder do Ministério da Mulher para todo o Estado de São Paulo, a educadora Telma Brenha.

Darleide Alves.

Joelma de Almeida reside na cidade de Cubatão e afirma que o congresso mudou a sua vida. “Foi muito inspirador, uma renovação e um aprendizado. É preciso aprender que as coisas não acontecem no nosso tempo, mas no tempo de Deus”, fala a líder de igreja. Durante a programação houve também uma homenagem às mulheres dos pastores da APSe.  “A mulher do pastor tem o papel de ajudar e fortalecer outras mulheres. Ela é uma peça fundamental: tanto no lar, como no distrito”, diz a líder da AFAM (Área Feminina da Associação Ministerial), Elange Ferreira.

Erika Fazoli e pastor Oliveiros Ferreira.

“Nós pensamos neste tema em virtude da vida agitada que as mulheres enfrentam. Elas necessitam aprender como podem organizar melhor  o tempo, escolher prioridades e desfrutar de um tempo em comunhão com Deus. Muitas vieram de longe, de cidades distantes, mas cada uma separou um tempo especial para estar aqui e ouvir a palavra de Deus”, declara Erika Fazoli, diretora do Ministério da Mulher da APSe. O pastor Robson Menezes fez o sermão final e destacou a dificuldade que o seres humanos têm de administrar o tempo. “É uma questão que precisa ser trazida para o cotidiano. Nós temos múltiplos papéis na sociedade, mas precisamos voltar os olhos para Deus, que é o Senhor do nosso tempo”, afirma o Evangelista e Ministerial da APSe.

Além dos testemunhos de mulheres que estão fazendo a diferença no território da APSe, o Congresso teve a participação musical do grupo feminino “Voices” e da cantora Deise Jacinto

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox