Notícias Adventistas

Brasileiro nomeado líder de sede adventista nos EUA

O pastor Elton DeMoraes foi nomeado como presidente da Associação do Texas. Ele já está nos Estados Unidos há 23 anos e atuou em diferentes áreas.

Por Tamara Terry e Felipe Lemos 10 de maio de 2021

Pastor Elton, 45 anos, graduou-se em Teologia no Centro Universitário Adventista de São Paulo. (Foto: Southwestern Union)

A Comissão Diretiva da Associação do Texas, nos Estados Unidos, sede administrativa adventista daquela região, votou nomear Elton DeMoraes como presidente da Associação, com sede em Alvarado. DeMoraes passou muitos anos trabalhando nesta sede antes de aceitar o cargo de vice-presidente para Ministérios na União Sudoeste em Burleson, Texas. A Associação tem 64 mil membros, 230 pastores, 210 professores, 320 igrejas, 182 distritos, 23 escolas e 1 acampamento.

Histórico

DeMoraes começou o seu ministério na Associação do Texas como pastor associado na Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Houston de língua hispana em 1998. Sete anos depois, ele se tornou pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Tyler, em Tyler, Texas. Ele se gradou em 1997 como bacharel em Teologia pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, além de ter concluído mestrado em Divindade (2005) e doutorado em Ministério (2016).

Sua mudança para a Igreja Adventista do Sétimo Dia do Noroeste de Houston foi em 2009, apenas um ano antes de ser nomeado como diretor do departamento de Evangelismo na língua inglesa, para a Associação do Texas.

Essa função foi fundida com a área de plantio de igrejas. Em 2011, DeMoraes passou a ser diretor ministerial, de plantio de igrejas e evangelismo para a língua inglesa, na Associação do Texas. Quatro anos depois, ele foi nomeado secretário executivo da Associação do Texas, posição a qual ocupou por quatro anos, antes de sua nomeação para a União do Sudoeste.

Oportunidades

Em entrevista à Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN), DeMoraes afirmou que se trata da terceira maior associação da Divisão Norte-Americana (sede que administra a Igreja Adventista para Estados Unidos, Canadá, entre outros países da América do Norte). Falando sobre o contexto pandêmico, ele reconhece desafios e oportunidades. “Penso que temos de estar prontos para oferecer maiores oportunidades de conexão que vão além do congregar no prédio da igreja. Continuar usando a tecnologia para manter os nossos membros conectados e pequenos grupos creio que será a chave para proporcionar essa conexão”, ressalta.

O novo líder da região afirma que outro grande desafio é com relação às escolas. Ele lembra que grande parte das unidades educacionais adventistas, nos Estados Unidos, passam por dificuldades. No Texas, não é diferente. “A Associação do Texas, em 2010, tinha 35 escolas. Onze anos depois, esse número caiu para 23. Precisamos mudar essa tendência”, planeja.

Desafios

Para o brasileiro, um dos grandes desafios é o de manter a unidade da igreja. DeMoraes ressalta que a polarização política nos EUA hoje tem causado conflitos nas congregações adventistas. Ele também está preocupado com as necessidades emocionais, física, mentais e espirituais de membros e pastores. “Eles veem as dores mais profundas que as pessoas ao seu redor estão passando. Muitos hoje têm dificuldade de desconectar dos problemas que enxergam quase todos os dias”, salienta.

Na área de crescimento missionário, o novo presidente reforça que sonha em ver um envolvimento maior dos membros na missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia. “Queremos implementar um programa forte de pastor leigo voluntário de forma que vamos capacitar, mobilizar e enviar esses voluntários para plantar igrejas em lugares não alcançados ou cuidar de distritos em regiōes rurais ou remotas”, afirma.

DeMoraes planeja, ainda, uma parceria com a Rádio Mundial Adventista para ter uma grande campanha de evangelismo público em Dallas, uma cidade muito expressiva da região, envolvendo todas as igrejas.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox