Notícias Adventistas

AC: Pastores são ordenados ao ministério

16 de dezembro de 2014
ordenacao_121214_15

Pastor Bruno Lourenço (E) e André Oliveira (D)

Um dos momentos mais emocionantes para um pastor é a sua ordenação. É a confirmação pública de sua vocação ministerial. Tanto que familiares de vários lugares do país se programam para estarem neste momento tão especial na vida daquele seu filho, primo, tio ou neto. Na última sexta-feira (12/12) a Associação Catarinense (IASD – Centro Sul/SC) ordenou mais dois ministros de Deus, foram os pastores André Luiz de Oliveira e Bruno Lourenço.

A cerimônia aconteceu na Igreja Adventista Central Criciúma, cidade localizada entre as duas regiões que esses pastores estão atuando, Araranguá e São Martinho. Por isso, além dos parentes vindos de vários lugares do Brasil, a presença das congregações lideradas por esses pastores foi grande. Na oportunidade ainda esteve presente a maioria dos pastores da AC. Da União Sul Brasileira (USB) esteve na cerimônia o pastor Evandro Fávero (Secretário), que no seu sermão ressaltou o texto bíblico de João 10:14: “Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem a mim”.

“A ordenação é a confirmação do chamado que eles receberam de Deus. Eles se mostraram capacitados e agora são ministros ordenados”, comenta o pastor Derli Agostini, Ministerial – AC. “Passa tudo na nossa cabeça, desde a juventude, com o desejo de ser pastor, a faculdade, o primeiro chamado, os distritos, até chegarmos aqui. É a certeza de que Deus continuará me usando como tem feito até aqui”, comenta o pastor Bruno, que se emocionou muito durante toda a cerimônia.

Na oportunidade os ordenandos receberam um certificado de ordenação, uma Bíblia especial e a beca batismal, representando o maior objetivo do ministério. As esposas dos pastores, Marilaine Oliveira e Eline Lourenço, também foram homenageadas, reconhecendo a importância delas no ministério dos maridos. “Nossa família é fundamental pra o ministério. São uns dos instrumentos para Deus se comunicar conosco”, lembra o pastor André.

A ordenação habilita os bachareis em teologia a serem oficialmente pastores, podendo realizar casamentos, batismos, entre outras atividades.

Históricos:

Bruno de Azevedo Lourenço – Nasceu em 22 de agosto de 1986, em Curitiba, PR. Filho de Ismael Arnas Lourenço e Marli Borges de Azevedo Lourenço (In Memoriam). Batizou-se em 25 de setembro de 1994. Com tenra idade, já apreciava o envolvimento com a igreja e expressava o desejo de tornar-se um pastor. Entre os anos de 2001 e 2003 cursou o Ensino Médio no IAP.

Em 2004, foi para o UNASP Campus 2 para cursar Teologia. Sem condições financeiras para pagar o primeiro ano, Deus miraculosamente abriu as portas. No ano de 2007, recebeu um convite para trabalhar como missionário nos Estados Unidos. Lá permaneceu por dois anos, e em julho de 2009 retornou para concluir a faculdade.

Em 2010, foi chamado para atuar como auxiliar de evangelismo na Associação Catarinense, com o Pr. Eliezer Flor. No ano seguinte, 2011, foi transferido para Florianópolis e trabalhou ali como pastor auxiliar do Pr. Gilvan Correia na IASD Estreito. Neste ano conheceu Eline Weck Rosa, com quem se casou em julho de 2012. Neste mesmo ano, foi transferido para o distrito de Limoeiro, em Brusque, onde permaneceu até o final de 2013. Atualmente, está pastoreando o distrito de Araranguá.

Paraninfos: Pastor Gilvan Brito Correia e Solange Santos Correia

André Luiz de Oliveira – Nasceu no dia 05 de janeiro de 1974 em Campo Grande, MS. Filho de Astecliades Francisco de Oliveira e Conceição Duarte de Oliveira. Seu batismo foi no ano de 1983 aos nove anos de idade, na IASD central de Campo Grande.

Aos sete anos de idade pregou seu primeiro sermão, e isso chamava a atenção por se destacar das demais crianças. As pessoas começaram a incentivá-lo para ir fazer Teologia e isso aconteceu. Em 1994 iniciou o curso de teologia no UNASP – Campus II e concluiu a faculdade em 1997.

Começou seu ministério pastoral na Associação Sul Matogrossense como pastor de um sub distrito (1998 a 2001). Mas seu retorno para o ministério foi marcado por um milagre Divino que se deu mesmo no ano de 2011 na Associação Catarinense.

Seu casamento com Marilaine Sandri de Oliveira aconteceu em 20/02/2000 na IASD de Rio dos Cedros-SC. Fruto desta união Deus os abençoou com dois filhos: Caio Lucas Sandri de Oliveira (13 anos) e Stella Duarte Sandri de Oliveira (10 anos).

Paraninfos: Pastor Derli Agostini e Karine Agostini

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox