Notícias Adventistas

Live abordará proteção contra a violência sexual de crianças e adolescentes em meio à pandemia

Distanciamento social pode potencializar casos de violência sexual no ambiente doméstico e virtual.

Por Renata Paes 20 de maio de 2020

Pais, professores, crianças e adolescentes serão orientados a identificarem e denunciarem abusadores.

O distanciamento social, adotado como medida preventiva à proliferação da COVID-19, pode deixar as crianças e adolescentes mais vulneráveis aos agressores sexuais, tanto por estarem mais tempo dentro de casa, quanto por passarem horas conectados à internet.

Segundo os registros do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, os crimes sexuais cometidos contra crianças e adolescentes são frequentes no ambiente familiar e virtual.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia, em Belo Horizonte (MG), engajada na proteção desse grupo, promove neste domingo, 24 de maio, a partir das 16h, a live com o tema “Proteja a Infância também no ambiente virtual”.

A líder do Ministério da Criança e dos Adolescentes, Profa. Rita Lima, faz parte da “Frente Parlamentar Mista Juntos Contra a Pedofilia”. Entre as metas e ações traçadas para 2020, em torno das políticas públicas de combate à violência contra crianças e adolescentes, está orientar as famílias adventistas, crianças, adolescentes e a sociedade como um todo, a se prevenir, identificar e denunciar abusos sexuais na infância e adolescência.

Para isso, ela convidou a delegada e deputada estadual Sheila de Mello Oliveira para debater o assunto.

“Vou falar sobre os principais crimes de pedofilia que estão acontecendo no ambiente virtual e qual o perfil do agente criminoso. Vou passar dados estatísticos nacionais e do Estado de Minas sobre os casos de pedofilia. Irei orientar os pais como eles podem identificar os crimes e o comportamento diferenciado dos filhos. Vou orientar ainda sobre quais providências podem ser tomadas caso identifiquem alguma abordagem do pedófilo”, enfatiza a delegada.

No calendário nacional, 18 de maio é  marcado pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal n° 9.970/00. A data é um lembrete a conquista dos Direitos Humanos das Crianças e Adolescentes no Brasil.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox