Notícias Adventistas

Crianças “vivem” a história da criação em aventuri regional

Evento ocorreu no último final de semana, de 11 a 13 de outubro.

Por Andréia Kals da Silva 16 de outubro de 2019

Cerca de 150 aventureiros participaram das atividades. [Fotos: Deise Elen]

Reunidas no Sítio Cantinho do Céu, na cidade Conselheiro Josino, cerca de 150 aventureiros tiveram a oportunidade de passar o final de semana mais próximos de Deus e uns dos outros. Este era o Aventuri Regional, que reuniu 9 clubes das regiões Costa do Sol e Norte do Rio de Janeiro.

Com o tema: Nas mãos do Criador, a garotada participou de cultos onde aprenderam sobre a história da humanidade, desde a criação, a queda do homem, plano da salvação e volta de Jesus.

E atividades não faltaram. Para explorarem o tema de forma lúdica, as crianças puderam visitar ‘estações’ que tratavam de cada dia da criação. Na estação 4, da água, por exemplo, os aventureiros podiam personalizar garrafinhas d’agua com purpurina e cartolina. Um brinde, que depois puderam levar para casa.

Na estação 2, do ar, eles participavam de um experimento químico de combustão do ar e depois ganhavam um apito para “fortalecer bem os pulmões”. A estação que mais chamou a atenção, porém, foi da criação do homem, quando, através de argila e barro, as crianças puderam recriar os bonecos Adão e Eva.

“Nosso objetivo maior era mostrar para as crianças que elas vieram das mãos de Deus e que Ele as ama, então todas as atividades foram voltadas para isso”, conta a regional norte e uma das organizadoras do evento, Silvia Xavier.

E emoção foi o que não faltou. Desde a abertura do programa com as machadinhas até o encerramento com as despedidas, as crianças estiveram 100% envolvidas na programação. Inclusive, houve o batismo de um aventureiro, Ian da Silva, de Campos dos Goytacazes. Desafios musicais e atividades físicas também fizeram parte do cronograma, além de premiações, que homenagearam, por exemplo, clubes que plantaram arvores e cuidaram de animaizinhos de rua.

“O aventuri é muito importante, pois é uma celebração das atividades que ocorreram ao longo do ano e a oportunidade das crianças aplicarem os conhecimentos e fortalecerem os preceitos e princípios aprendidos no clube”, conta o líder dos aventureiros para as regiões centro, serra e norte do Rio de Janeiro, Kenyo Marinho. “É uma emoção singular participar deste momento porque a gente vê o que as crianças aprenderam, sente a influência positiva que elas recebem do clube na vida delas e isso e sensacional”, completa.

Até o final do ano, outros aventuris regionais ocorrerão na região fluminense da igreja adventista no Rio de Janeiro, que se estende de Niterói, até a divisa com o Espírito Santo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox