Notícias Adventistas

Crianças preparam e distribuem lanches no centro de Florianópolis

Ação foi motivada pelas professoras das classes do Jardim 1 e 2 da igreja central da cidade

Por Daniel Gonçalves 2 de outubro de 2021

As crianças colocoram o coração das sacolas, fazendo com carinho os lanches para as pessoas carentes

Criança, pandemia e missão. Essa é uma junção super possível. Foi o que aconteceu neste sábado, 2 de outubro, com os pequenos das classes do Jardim 1 e 2 e da unidade Abelhinhas (Aventureiros) da Igreja Adventista Central de Florianópolis. “Ao voltarem para as reuniões presenciais procuramos evidenciar com elas atividades práticas que fossem além do manual da Escola Sabatina”, explica Flávia Wilberstaedt, umas das professoras das classes envolvidas.

A ideia surgiu entre as professoras e consistia em as crianças prepararem um lanche com sanduíche, frutas, barra de cereais e um livro missionário. Pelas fotos é possível ver as 13 crianças envolvidas na missão e entregando os kits para pessoas em vulnerabilidade social. “Parabéns para as professoras Janete, Eunice, Marilene, Flávia, Nice, Luana, Raquel e Helen pelo empenho e pelo envolvimento dos pais, como o Luciano Moura. Foi algo simples, mas marcante para elas já que o tema da lição deste sábado era ‘Compartilhando uns com os outros’”, conclui Cláudia Cadette, coordenadora do Ministério da Criança da igreja.

Alguns pais ainda acompanharam as crianças na distribuição dos kits para garantir a segurança. “Que ideia sensacional. Minha filha entrou no carro e disse que a gente precisava entregar o kit para alguém que precisava. Meu Deus, que coisa linda”, comenta o pai Miqueias Ferreira. “Meu esposo parou na avenida Beira-Mar e entregou para um homem. Depois ele ficou comovido com outro que precisava. Esse projeto tocou muito mais em quem deu do que em quem recebeu”, explica Luana Priscilla, professora e mãe de uma das crianças.

“Penso que marcamos de maneira significativa e impactante a vida de nossas crianças, sendo estas mobilizadas para uma vida de serviço e altruísmo”, acrescenta Flávia. “Para as crianças, foi um momento de muita alegria porque, apesar da idade, elas aprendem a nossa missão aqui neste mundo: amar o próximo”, ressalta a professora Marilene Archer.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox