Notícias Adventistas

Crianças participam de atividades educativas durante as férias

Igreja Adventista oferece orientação para crianças e jovens nas áreas físicas, mentais e sociais

18 de julho de 2018

Colaboradora local: Karolline Bianconi

Foto: Anderson Evilard

A Colônia de Férias 2018 realizada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia de Votuporanga acabou no último sábado 7. A programação ocorre uma vez ao ano, sempre nas férias escolares de julho. Porém durante o ano várias atividades são oferecidas pela igreja para orientar crianças e jovens nas áreas físicas, mentais e sociais como, por exemplo, as classes de estudo da Bíblia conhecidas como Escola Sabatina e os Clubes de Desbravadores e Aventureiros.

“Gostamos tanto de conhecer as crianças que neste ano participaram da Colônia de Férias que desejamos manter contato com elas durante todo o ano, através das várias atividades oferecidas a elas”, destacou uma das coordenadoras da Colônia de Férias, Nilma Ferrari.

Encerramento

Foto: Anderson Evilard

Durante o encerramento, as crianças mostraram para os pais sobre o que aprenderam durante a colônia de férias, que neste ano teve como tema “O mundo dos Insetos”. Elas apresentaram os juramentos às bandeiras Nacional e da Escola Cristã de Férias, e também à Bíblia.

As famílias também tiveram a oportunidade de conhecer a equipe de trabalho, formada por mais de 30 voluntários. No final, as crianças cantaram músicas, além de receberem os artesanatos que elas mesmas confeccionaram.

Pais aprovaram

Presentes na plateia, o prefeito João Dado e sua esposa, a primeira-dama Mônica Pesciotto de Carvalho, prestigiaram os netos que participaram da colônia. “Ver a alegria deles é a maior satisfação. Eles já passam as férias aqui em Votuporanga por causa da Colônia. Eles amaram”, disse o prefeito. Dona Mônica contou que este é o segundo ano que os netos participam. “O ano tem 52 semanas e eu acredito que esta é a semana mais esperada por eles”.

Quem também gostou muito da programação foi Fabiana de Almeida, mãe do pequeno Maximus. “Ele participou pela segunda vez e valeu muito a pena. Meu filho chegava em casa falando o que aprendeu sobre os insetos, o lanche saudável que foi servido. Ano que vem, com certeza, ele participará novamente”, disse. Já Cláudia de Souza, mãe da Giovanna, disse que a filha amou cantar as músicas da colônia. “Foi o primeiro ano dela na colônia. Ela sentirá saudades e já aguarda ansiosa a edição do próximo ano”.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox