Notícias Adventistas

Aventuri recebe mais de 1500 crianças

O Ministério de Aventureiros promoveu o evento mais aguardado do ano, o Aventuri 2018. E Sumaré, no interior de São Paulo, a Estância Arvore da Vida recebeu mais de 1500 crianças

Por Lórenn Vidal 8 de outubro de 2018

São Paulo, SP [ASN] O Ministério de Aventureiros promoveu o evento mais aguardado do ano, o Aventuri 2018. E Sumaré, no interior de São Paulo, a Estância Arvore da Vida recebeu mais de 1500 crianças. Elas viera de clubes das igrejas da Associação Paulistana, sede da Igreja Adventista para a região central de São Paulo, e por três dias viveram as emoções do evento. E muita coisa foi preparada para elas. Neste ano, o tema foi “Histórias de Milagres”, e todos puderam conhecer melhor o profeta Eliseu, afinal, os milagres realizados por eles estavam em todos os lugares, desde as encenações feitas no palco central pela turma da Terra de Zion, até as atividades promovidas durante o Aventuri.

A abertura feita na sexta-feira a noite trouxe além das encenações sobre a história de Eliseu, muita música e a presença do boneco Pedrito, integrante do Quarteto Asaf, e amado pelas crianças. Durante todo o Aventuri ele contou histórias da Bíblia, misturando humor com ensinamentos importantes, de um jeito divertido. Assim que a programação começava há se ouvia o chamado das crianças pela presença do Pedrito.

O sábado foi um dia cheio de atividades, e logo cedinho todos já se mostravam animados pelo que estava por vir. Antes da programação da manhã, todos os clubes se apresentaram para a inspeção com seu uniforme de gala. Após o almoço, atividades foram espalhadas pelo loca, e elas deveriam ser feitas por todo o clube em conjunto. Cada atividade tratava de um milagre diferente realizado por Deus através do profeta Eliseu. Cada grupo primeiro ouvia a história, e em seguida realizava a atividade que incluía piscina de bolinhas, cama elástica, entre outros.

Um grupo especial participou do seu último Aventuri, eles são os “Mãos Ajudadoras”. Desbravadores que chegaram ao limite da idade para participar de um Clube de Aventureiros, e a partir do próximo ano se tornarão um Desbravador. Para eles uma programação especial foi preparada, as “12 Horas de Aventura”. Tudo começou no sábado à noite. Assim que dia acabou eles se despediram do seu clube, arrumaram as malas, e partiram para viver uma noite inesquecível. Para eles tudo já estava preparado, um acampamento inteiro foi montado, porque eles viveriam a sua primeira noite como Desbravadores. As atividades aconteceram durante quase toda a noite, mas ainda sobrou tempo para aproveitar um pouquinho de sono nas barracas.

Todos se encontraram novamente no domingo pela manhã, quando chegou ao fim mais um Aventuri. E além de todo o aprendizado e a amizade, os Aventureiros também levaram para casa um chamado para serem as luzes de um mundo escuro, e mostrarem aos outros como é estar ao lado de Jesus.

Novo Aventureiro

Uma figura diferente também fez parte do Aventuri. “Caco, O Aventureiro”, divertiu as crianças com a sua história um pouco atrapalhada. Ele, como todos ali, é um apaixonado pelo Aventuri, mas como ficou sem a inscrição, deu um jeitinho de se infiltrar no evento. Já dentro, curtiu as atividades e saiu fazendo novas amizades por onde passava. A história e as aventuras vividas pelo Caco, foram os temas do Jornalzinho do Aventuri, com duas edições, exibidas sempre durante as programações da noite.

 

As Aventuras de Caco – Parte I:

 

As Aventuras de Caco – ParteII:

 

[ASN – Lóren Vidal]

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox