Notícias Adventistas

Pintura leva artista plástico ao batismo

Quadro sobre a morte de Jesus leva artista e esposa ao batismo.

30 de dezembro de 2014
Pintor Barra

Ediléia e Jairo Gomes na Igreja Adventista da Barra da Tijuca, RJ. (Fotos: Fabiana Lopes)

Rio de Janeiro, RJ [ASN] Os modos de conversão são diversos e Deus usa pessoas, lugares e até mesmo objetos para atrair a atenção de Seus filhos.

Jairo Lourenço Gomes é artista plástico há catorze anos, e seu dom não foi aprendido em escolas com técnicas especiais, é algo que ele considera “dom divino”. Carioca, é casado com Ediléia da Silva Gomes. O casal vive no bairro de Guaratiba, na Praia da Brisa.

Jairo expõe suas obras no Posto 10 da Praia do Recreio, aos domingos e feriados. Alzemir Rodrigues e Manoel Dantas, membros da Igreja Adventista da Barra da Tijuca, caminhavam pela orla da praia, quando viram a exposição. A princípio, Alzemir começou a falar de Jesus para o casal, a conversa durava cerca de uma hora. Isso aconteceu por uns dois meses e meio, mas o casal não aceitava plenamente a Jesus. Alzemir comprou um dos quadros e fez encomenda de outro sobre o Santuário. A entrega da obra foi feita pelo casal, na casa de Alzemir, que os presenteou com os livros: O Grande Conflito e A Grande Esperança.

Pouco tempo depois, Alzemir encomendou outro quadro, desta vez, com a imagem da morte de Jesus e a descrição: “Foi por você”. A pintura feita a óleo, levou três dias para ser concluída.

Jairo conta emocionado que, ao pintar aquele quadro, se deu conta de que nunca tinha parado para pensar no sacrifício de Cristo na cruz. “Todo aquele sofrimento era por mim. Chorei muito, em muitos momentos, isso nunca tinha acontecido. Já pintei diversas obras, mas esta em especial mexeu não apenas com minhas emoções, mas com minha razão. Com 70 anos de idade eu nunca tinha parado para pensar nas cenas finais de Cristo”, reflete Jairo.

Ediléia era espírita desde sua adolescência. Aos 16 anos começou a trabalhar ao lado do pai com as atividades da religião. Estudou o Pentateuco de Allan Kardek e passou 33 anos dando palestras e dirigindo reuniões na Congregação Espírita Francisco de Paula. Aos poucos, foi perdendo o interesse e ficou um ano sem frequentar a Congregação.

Quando o esposo sofreu um ataque cardíaco, ela começou a acompanhá-lo em suas exposições na praia. Conheceu amigos da Igreja Adventista e começou a ler os livros. O quadro do esposo também tocou seu coração. “Sempre admiro as obras do meu esposo, mas esta, foi especial e diferente. Acho que Deus nos alcançou através desta pintura. Na verdade, Deus nos resgatou e hoje sou muito feliz pois nossa vida mudou e temos a Jesus como nosso Salvador e Senhor”, comenta emocionada Ediléia.

O casal foi batizado no último dia 13 de dezembro, na Igreja Adventista da Barra da Tijuca. Ela está atuando na recepção da igreja. Ambos estão  felizes pela decisão tomada. “Foi maravilhoso ver como Deus usa pessoas para Sua obra. Mas nunca tinha visto um quadro transformar a vida de alguém. Acredito que Deus nos conduziu até eles. No dia do batismo, chorei agradecendo a Deus por ter sido um instrumento em suas mãos. Louvo a Deus por que Ele nos alcança onde quer que estejamos e usa pessoas e até mesmo quadros!”, finaliza Alzemir Rodrigues, membro da Igreja Adventista da Barra da Tijuca.

Jairo e Ediléia relatam que “o carinho e acolhimento das pessoas, as músicas envolventes e a seriedade com que se estuda a Bíblia, são admiráveis na Igreja Adventista”.

[Equipe ASN, Fabiana Lopes]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox