Notícias Adventistas

Novas turmas são formadas para multiplicadores da língua de sinais no Rio

Em Nova Iguaçu, duas novas turmas foram abertas para pessoas que desejarem se tornar intérpretes em LIBRAS, a Língua Brasileira de Sinais.

21 de maio de 2018

Por Fabiana Lopes

Pastor Javã Batista ao centro, com alunos do curso e intérpretes que auxiliaram no culto do dia 5, a Celebração pelo início deste Ministério em Nova Iguaçu.

No dia 05 de maio, o Ministério Adventista dos Surdos – MAS, representado pelas três instituições mantenedoras da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Rio de Janeiro (Associação Rio de Janeiro, Associação Rio Sul e Associação Rio Fluminense) se reuniram na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Nova Iguaçu, para celebrar a criação de um novo MAS.

A Igreja Adventista de Nova Iguaçu está realizando este Ministério há pouco mais de dois meses, e no dia 05, amigos do MAS fizeram o Culto Bilíngue, onde surdos coordenaram a Escola Sabatina, o estudo da lição e a mensagem do culto. As músicas especiais também foram feitas em Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS. O pregador da manhã foi Paulo Pedro, surdo líder da Igreja Adventista Central do Rio.

Pastor Javã Batista é o responsável da Igreja Adventista em Nova Iguaçu e para ele é tudo muito novo. “Nunca tive um intérprete ao meu lado durante a pregação, mas tem sido uma experiência gratificante, pois acredito que teremos pessoas aceitando a Cristo através deste projeto. A ajuda da Eliane tem sido muito importante, ela tem a experiência e nós, a vontade de aprender, então acredito que vai dar certo, já está dando certo!”, descreve o pastor.

Eliane Maria Oliveira Paixão é a coordenadora do MAS na região sul do Rio de Janeiro e é estudante de Pedagogia Bilíngue no Instituto Nacional de Educação de Surdos – INES. Eliane não sabia que aprender esta nova língua faria diferença não apenas na vida de outras pessoas, mas na dela. Há alguns anos Eliane percebeu que estava perdendo a audição e atualmente, usa aparelho auditivo.

“Nós mudamos da Igreja Adventista de Belford Roxo para a de Nova Iguaçu e aqui conseguimos mais dois intérpretes, além de o número de cursistas ter aumentado consideravelmente. Em breve abriremos a terceira turma”, conta Eliane.

Fabiano é intérprete de LIBRAS e mora em Campo Grande.

A frequência dos surdos aos cultos tem sido bem melhor. Toda a diretoria do Clube de Desbravadores Maranata está no Curso de LIBRAS e logo estará apta para atender os desbravadores surdos.

É importante destacar que a igreja está inserindo os surdos no seu trabalho, dando responsabilidade nos cargos. “A igreja é acolhedora e isso faz o surdo se sentir incluso, mesmo que ainda não saiba a língua. Temos como meta ter 100% da direção da igreja com o básico da língua de sinais, e capacitar sessenta pessoas com este mesmo nível até o fim do ano”, finaliza Eliane.

A IASD de Nova Iguaçu está oferecendo o Curso de LIBRAS quinzenalmente, visando o aprendizado da língua de sinais para os membros da igreja local e amigos que desejarem ser multiplicadores da língua de sinais, a LIBRAS. As turmas já contam com 42 inscritos.

Endereço: Rua presidente Sodré, 257 – Centro

Nível 2: 14h30 às 16h

Nível 1: 16h às 17h

Em breve, será aberta uma nova turma aos domingos, das 19h às 20h.

Para maiores informações entre em contato com:

Eliane Maria:(21) 99398-5415

Alessandra Scarpin: (21) 98605-1816

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox