Notícias Adventistas

Noivo realiza sonho de se casar com uniforme dos desbravadores

Djonatan Rocha conheceu o clube em 2013 e passou a compartilhar a mesma paixão de sua esposa

10 de abril de 2018

Por Paulo Ribeiro, com colaboração de Moisés Móra

Casamento foi realizado em meio à natureza, em referência às atividades do Clube de Desbravadores. (Foto: Estúdio Reversa)

A paixão pelo Clube de Desbravadores é tão forte para alguns integrantes do grupo que nem mesmo na hora do casamento esse sentimento é deixado de lado. Foi exatamente esse apreço que motivou Djonatan Rocha, de São Francisco do Sul (SC), a se casar com um traje preparado especialmente para a ocasião. O vestuário incomum chamou a atenção dos convidados.

Rocha e a sua esposa, Alessia Araújo, casaram-se no último final de semana em uma cerimônia realizada em meio à natureza, no distrito de Pirabeiraba, em Joinville. O noivo conta que Alessia foi a responsável por aproximá-lo do Clube de Desbravadores em 2013, ano que se conheceram e deram início ao namoro. “Me apaixonei pelo clube e esse amor foi compartilhado por nós dois. E desde então eu tinha o sonho de me casar com o uniforme”, justifica. Ele atua na liderança do clube “7 Mares”, em São Francisco do Sul, e ela é coordenadora dos clubes da região.

De acordo com o pastor Moisés Móra, líder geral dos desbravadores no norte de Santa Catarina, casar com o traje especial dos Desbravadores é uma excelente oportunidade para os noivos testemunharem aos familiares, padrinhos e convidados que não tem tanto contato ou não conhecem as atividades do grupo.

“É emocionante perceber a paixão e carinho desses líderes que prestam essa homenagem ao clube através do seu casamento. Sem falar que isso é um grande incentivo a outros líderes que sonham em se casar com o mesmo traje. Isso só prova que ser um desbravador é uma paixão pra vida toda, e que uma vez desbravador, sempre desbravador”, enfatiza Móra. 

Quem pode se casar com o uniforme e quais são os passos 

Pode se casar com o traje apenas o homem que realizar o curso de noivos oferecido pela Igreja Adventista, a entrevista com o pastor distrital e ter seu casamento recomendado pela Comissão Regular da igreja local. 

Além disso, o noivo deve ser membro regular da Igreja Adventista e um desbravador ativo no clube. Deve ser líder investido e solicitar a autorização de uso do traje para a sede administrativa da Igreja Adventista de sua região (Associação), com no mínimo três meses de antecedência.

Em seguida, o pedido passará por mais duas instâncias administrativas da Igreja: a sede responsável por um ou mais Estados (União) e pela sede sul-americana adventista (Divisão Sul-Americana). Somente depois desta autorização o desbravador terá a liberação para produzir o uniforme, que é confeccionado pelos fornecedores oficiais do Ministério dos Desbravadores. 

Veja fotos da cerimônia na galeria a seguir:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox