Notícias Adventistas

Moradores de rua participam de noite especial

Ceia especial de natal foi montada em uma praça da cidade de Manaus

27 de dezembro de 2016

 

2016-12-26-photo-00000015

Cerca de 60 moradores de rua tiveram um ceia especial de natal.

Manaus, AM…[ASN] Família reunida, mesa repleta de alimentos, árvore de natal, esses são uns dos ingredientes que fazem parte da noite de natal para milhares de famílias. Entretanto, esta não é a realidade para muitas pessoas. Na cidade de Manaus, por exemplo, segundo a  Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), até o final de 2015, haviam aproximadamente 1.200 moradores de rua cadastrados pelo órgão.

 

Leia também:

Refugiados recebem mais de 6,5 toneladas de alimentos

 

Pensando nessa realidade, um grupo de voluntários da Igreja Adventista do Sétimo Dia, do bairro Tancredo Neves, decidiram fazer uma noite especial para este público. No sábado, 24, pela tarde o grupo se deslocou até a Praça Torquato Tapajós e improvisaram um local para banho, e em seguida os moradores de rua tiveram a oportunidade de escolherem roupas para a ceia da noite.

“Voltamos à noite com nossas famílias para participar da ceia todos juntos, foram uns  45 voluntários que trouxeram seus parentes. E estiveram participando do jantar especial com cerca de 60 moradores de rua. Logo, após fomos entregar sopa nas imediações do Hospital 28 de agosto”, explica a diretora local do Serviço Voluntário Adventista (ASA), Andreza Neponuceno.

O grupo de voluntários já realizou outras vezes a entrega do sopão, porém a ação com os moradores de rua foi inédita para o grupo. ” Como líder do ministério senti o desejo de fazer algo diferente neste ano no Mutirão de Natal, mas não imaginava que teria um natal assim. Deus nos proporcionou o melhor natal, e ainda tivemos a oportunidade de conhecer a realidade de muitas pessoas. Quando compartilhamos algo, sempre os maiores beneficiados somos nós”, sorri.

A ideia de fazer algo diferente com os moradores de rua foi da Andreza, ao se deparar com a realidade de algumas pessoas, e ao compartilhar com a massoterapeuta, Edilandia Gomes, a ação foi aprimorada. Surgiu a proposta de não apenas conseguir alimentos para eles, e sim passar a noite de natal com aquele grupo. “Senti um misto de emoções, ao mesmo tempo que me senti feliz por estar fazendo algo por eles, me senti triste por ver a realidade de cada um. Mas nossa missão não terminou, pois sabemos que podemos fazer mais, e já estamos vendo a possibilidade de dar uma maior suporte para uma daquelas famílias que conhecemos”, conclui Edilandia. [Equipe ASN, Tatiane Virmes]

Veja algumas imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox