Notícias Adventistas

Moradora faz campanha de Natal em condomínio para ajudar casal

Doações somaram brinquedos, cestas básicas e alimentos natalinos.

Por Vanessa Moraes 22 de dezembro de 2020

Quando o desemprego chegou à porta de Marli Aparecida Franco, de 53 anos, e seu esposo Roberto Franco, eles tomaram uma decisão: coletar lixo reciclável para garantir algum dinheiro para o sustento da família. “Tinha dia que meus filhos pediam pão e não tinha”, comenta Marli.

Leia também:

Há 15 anos, Marli e Roberto coletam lixo reciclável (Foto: Arquivo Pessoal).

A coletora conta que iniciou esse trabalho há 15 anos. No início, não entendia muito bem sobre os materiais recicláveis e nem tinha noções dos valores que eles podiam render, mas aos poucos aprendeu o ofício. “Meu marido tinha vergonha, mas viu que quando íamos vender os materiais recicláveis, voltávamos com uma mistura, um pão, um leite, aí começamos nós dois”, relata.

Natal Solidário

Três vezes por semana, Marli e Roberto coletam lixo reciclável no condomínio onde mora a professora Margareth Prado. Mãe de dois filhos, Pedro, de 7 anos, e Ana Clara, de 1 ano, a docente decidiu criar a campanha Natal Solidário para auxiliar o casal coletor. “Senti o desejo de ajudá-los e perguntei ao síndico se poderia colocar um cartaz no elevador convidando os moradores para contribuir. Oramos pedindo que Deus tocasse no coração deles para serem generosos. Graças a Deus, o objetivo foi alcançado”, celebra Margareth.

As doações somaram dezenas de brinquedos, cestas básicas e alimentos típicos de Natal. As contribuições vão beneficiar o lar do casal. “Em casa somos oito pessoas, meu esposo, quatro filhos, dois netos e eu. Minha filha perdeu o emprego recentemente, então essa ação mudou nossa vida para melhor. Essa ajuda vai além do Natal. Louvo a Deus pela vida da Margareth e de todos os que abraçaram essa causa”, agradece Marli.

A iniciativa foi fruto de um desafio registrado no Calendário do Advento que Margareth recebeu na Escola Sabatina de sua filha, na igreja adventista que frequenta.

Doações beneficiarão a família do casal coletor. Eles moram com outras 6 pessoas (Foto: Arquivo Pessoal).

Calendário do Advento

O Calendário do Advento é resultado de uma tradição de luteranos alemães, que durante as quatro semanas antecedentes ao Natal, faziam uma contagem regressiva da comemoração cristã. A tradição foi adaptada e atualmente sugere atividades diárias para serem realizadas entre pais e filhos de 1 a 25 de dezembro. As tarefas envolvem receitas culinárias, artesanato, ações solidárias, entre outras, todas voltadas ao Natal.

De acordo com a coordenadora do Ministério da Criança da Igreja Adventista de Vila Guilhermina, região leste paulista, Naiane Assis, a intenção do desafio foi envolver pais e filhos em atividades específicas a fim de compreenderem melhor o sentido do Natal. “Queríamos que as crianças pudessem ter uma noção maior do que é o Natal, de que não é o Papai Noel que a gente vê bastante por aí”, aponta.

Margareth ao lado dos filhos e do marido (Foto: Arquivo Pessoal).

Experiência didática

Pedro, filho de Margareth, gostou de participar da ação solidária. “Eu achei muito legal. Todas as noites a gente orava antes de dormir para que as pessoas pudessem ajudar”, conta.

Para Margareth, a experiência foi didática para seus filhos. “A Ana Clara é muito novinha, talvez ela não tenha compreendido tudo o que aconteceu, mas o Pedrinho ficou na torcida para que as contribuições viessem. Ele acompanhou todo o processo e ajudou o tempo todo. Eu queria que esse espírito de missão, empatia e solidariedade tocasse no coração dos meus filhos para sempre. Essa foi a lição que eu quis passar para eles. Para mim o Natal será maravilhoso porque pudemos realizar essa ação”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox