Notícias Adventistas

Gente

Mais do que sangue, jovens doam solidariedade

Diante de um AVC isquêmico sofrido pelo departamental jovem da ARS, jovens e amigos se solidarizam e participam de doação de sangue.


  • Share:

Rio de Janeiro, RJ [ASN] Quem precisa de sangue sabe o quanto é significativo o ato de doar. Nem todas as pessoas que querem doar estão aptas para isso. Ontem, dia 18, quatorze pessoas estiveram em Botafogo, no Centro de Hematologia do Rio de Janeiro, para doar sangue em solidariedade ao pastor Sandro Cruz.

euoropelosandro

Jovens têm compartilhado a foto e orado nas suas igrejas e em grupos de amigos. Mensagens de outros países têm ajudado a família neste momento. Eles usam a hastag #euoropelosandro

Desde que os cariocas souberam do problema de saúde do departamental jovem da região sul do Rio de Janeiro, pastor Sandro Siqueira da Cruz, as manifestações de carinho através de oração e mensagens têm confortado a família. Ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico na última quinta (12) e passou por uma cirurgia na sexta (13), dias depois precisou passar por transfusão de sangue e permanece em coma induzido até hoje. A partir de então, as doações de sangue começaram a acontecer.

Na Igreja Adventista do Sétimo Dia, existe um projeto do Ministério Jovem chamado Vida por Vidas, que incentiva cada pessoa a ser um doador. “Neste momento, em especial, a juventude está abraçando este projeto em favor do pastor Sandro Cruz e de tantas pessoas que precisam. Sabemos que para ele o sangue já foi mais que suficiente, mas continuaremos doando, organizando grupos de 15 pessoas para participar e também levar o evangelho através deste ato”, comenta Márcia Cavalcante, secretária do departamento jovem da Associação Rio Sul.

Para ser um doador independe do sexo, basta ter boa condição de saúde e idade entre 16 e 69 anos. Os voluntários de 16 e 17 anos devem apresentar autorização do responsável, para cada doação. Clique aqui e imprima o Termo de Consentimento Formal. Para os maiores de 60 anos, é necessário que já tenham doado pelo menos uma vez. Independente da idade, para fazer a doação é necessário: pesar igual ou acima de 50k, estar descansado e não estar em jejum. É importante não ingerir alimentos gordurosos 3 horas antes da doação e respeitar o intervalo da última doação: 60 dias para homens, 90 dias para mulheres. Clique aqui para maiores informações.

Os primeiros a participarem da doação foram, na verdade, três amigos que ouviram uma única vez a pregação do pastor Sandro Cruz, por ocasião do batismo do casal Jônatas e Patricia Marreiros, na Igreja Adventista de Colégio, em 14 de abril. Maysa Natália Moreira Freitas, Bruno Arthur de Sousa Moreira e Daniel Souza gostaram tanto da mensagem e da simpatia do pastor Sandro Cruz que, ao saberem da necessidade de sangue para o pastor, prontamente fizeram a doação, no dia 16. "Ele nos cativou de um jeito que, quando soube, minha primeira reação foi: eu quero ajudar!", ressalta Maysa.

As pessoas que participaram da doação ontem (18) foram: Filipe Araujo, Alessandro Santos, Vanderlei Silva, Uanderson Silva, Paulo Klos, Luciana Nobrega, Vanderson Azambuja – sete do Ministério Jovem e sete funcionários da Rio Sul: Marcia Cavancante, Celia Valentina, Cleomar e Rizia Renck, Marcela Pereira, Marcelo de Carvalho e Alexander Rangel.

cleomar

Cleomar evitou olhar para a agulha e o sangue, mas prometeu daqui dois meses retornar ao Centro de Hematologia para continuar doando sangue periodicamente.

Celia e Marcelo nunca haviam feito doação e Cleomar tinha medo de doar. Sua primeira experiência com doação de sangue não foi das melhores, Cleomar relembra que sua pressão arterial ficou muito baixa e ele quase desmaiou. Ontem ele estava apreensivo e pediu aos amigos para ficarem em alerta. “Eu fui o primeiro a ser chamado e os amigos sabiam da minha apreensão. Não quis ver sangue e nem agulha, precisava ficar bem. Durante a doação fiquei tranquilo e feliz por ter participado. Daqui a dois meses pretendo voltar lá para doar mais vezes, pois posso ajudar outros com um pouco de sangue, é só não olhar”, relata.

O Centro de Hematologia disponibiliza transporte gratuito para grupos de 15 pessoas que desejem fazer a doação. Na próxima segunda, dia 23, uma nova equipe fará doação. O grupo ainda não está completo e para participar basta entrar em contato pelo telefone (21)2199-3526, falar com a Márcia Cavalcante. A saída será pela manhã, da sede administrativa da Igreja Adventista no sul do Rio de Janeiro: Rua Sacramento Blacke, 325 – Campo Grande, Rio de Janeiro, RJ.

DSC_8759Se quiser, entre em contato diretamente com o Centro de Hematologia:

Caravana do Bem
[email protected]
Facebook: Hematologistas.Associados
Telefone: 2537-7440 Ramal: 287

Locais:

Hematologistas Associados
Rua Conde de Irajá, 183 – Botafogo
(Próximo ao Largo dos Leões e Cobal do Humaitá)
De segunda a sábado, das 8h às 18h
Telefone: 2537-7440

Banco de Sangue Santa Casa
Rua Santa Luzia, 106 – Castelo
De segunda à sexta, das 7h30 às 16h
Telefone: 2220-7332

[Equipe ASN, Fabiana Lopes, fotos: Márcia Cavalcante]