Notícias Adventistas

Mãe e avó, idosa restaura bonecas para doar a crianças carentes

Conheça a bonita história de uma mãe, no interior de Minas Gerais, que conserta bonecas que foram danificadas para doar a crianças carentes.

Por Ayanne Karoline 8 de maio de 2021

A vovó Almerita faz restauração de bonecas e outras brinquedos há 10 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Aos 9 anos de idade, a diversão de Maria Almerita era brincar na roça onde morava com outras crianças. No lugar das bonecas, espigas de milho e animais feitos com mamão e chuchu. De família humilde, ela queria, mas não tinha condições de possuir uma boneca. Desde então, decidiu que faria a diferença na vida de outras crianças. Hoje, com 71 anos, a aposentada trabalha restaurando brinquedos para doação.

O trabalho voluntário já completa 10 anos. Ela ganha bonecas e ursos danificados, ou pega do lixo. Tudo é limpo, costurado e bem cuidado para chegar às mãos de crianças e até idosos. As doações são destinadas a creches, casa lar, asilos e famílias carentes da periferia de onde Almerita mora, na cidade de Araxás, interior de Minas Gerais.

Em algumas famílias, ela mesma faz questão de entregar os brinquedos. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Tudo o que eu faço é sempre pensando na salvação das pessoas, em conduzi-las ao amor de Jesus. As crianças, em sua pureza e simplicidade, são cativadas por nosso amor, atenção e dedicação e, por isso, aceitam e reconhecem a Jesus como seu Salvador”, conta a aposentada.

Parte da família da vovó Almerita. (Foto: Divulgação)

Maria Almerita é mãe de dois filhos e avó de quatro netos. Porém, entende que, com seu trabalho, torna-se uma “mãezona” para muitas crianças que recebem seu carinho e ainda ouvem sobre Jesus.  “ É fantástico e gratificante trabalhar com crianças. Nem sempre vemos os frutos agora, mas com certeza veremos no futuro”, destacou.

Amor pelos pequenos

Almerita trabalha, desde 1962, no ministério infantil da Igreja Adventista. (Foto: Arquivo Pessoal)

A vovó Almerita começou seu trabalho no Ministério da Criança da Igreja Adventista em 1962, ensinando as lições da Bíblia. Em 1968, montou uma escola primária no salão da igreja e, por dois anos, alfabetizou e cuidou de várias crianças. “Fazíamos um pequeno grupo com elas, ensinávamos, dávamos lanche e assistência”, conta.

Ela começou a produção de bonecos de personagens bíblicos na pandemia. (Foto: Arquivo Pessoal)

Atualmente, ela continua à frente do departamento infantil da igreja. Porém, com a pandemia, precisou parar as reuniões presenciais. “Eu me sinto inquieta e infeliz, mas orando a Deus para as coisas voltarem ao normal e eu poder fazer o essencial”, lamentou.

Para passar o tempo na quarentena, Almerita começou a criar personagens bíblicos em bonecos para distribuir às crianças e ajudar no entendimento das histórias sobre Jesus.

Live comemorativa

A história de Almerita foi um dos destaques no programa Coisa de Mãe. A live, promovida pelo projeto Missão Mulher, reuniu mais de 1.300 pessoas de forma online para homenagear as mães. Reveja a programação:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox