Notícias Adventistas

Famílias venezuelanas recebem doações de alimentos

Mais de quatro toneladas de alimentos foram arrecadadas em prol das famílias venezuelanas durante a campanha do Mutirão de Natal.

12 de dezembro de 2016
2016-12-12-photo-00000009

Voluntários de vários estados se uniram na causa solidária.

Boa Vista, RR … (ASN) Na fronteira do Brasil com a Venezuela é impossível entrar numa lanchonete ou restaurante e não ser abordado por alguém que fala espanhol e busca alimento e abrigo. Na cidade de Pacaraima, RR todos os dias dezenas de venezuelanos chegam ao município, fugindo do país, e procurando melhores condições de vida devido a grande crise na Venezuela.

Nem mesmo os quatro aumentos no salário-mínimo sancionados pelo governo em 2016 foram suficientes para fortalecer a economia e o poder de compra dos venezuelanos. Segundo o presidente da Mission Venezolana Del Sur de Bolivar (MVSUB), pastor Jaime Rojas, a desvalorização da moeda, a inflação de 180%acumulada em 2015 e a escassez de alimentos tem inviabilizado a sobrevivência para muitas pessoas na Venezuela.

Com tanta gente passando necessidade a Igreja Adventista do Sétimo Dia se mobilizou, tudo começou com a iniciativa de um grupo de pastores da cidade de Boa Vista, RR que iniciaram a arrecadação de alimentos em prol das famílias venezuelanas. Logo, a ação passou a ter repercussão em outros estados. Por exemplo, em Manaus, AM a IASD da Avenida das Torres e o Colégio Adventistas da Cidade Nova realizaram uma campanha para ajudar as famílias venezuelanas, já na região Norte de Rondônia várias líderes pastorais estiveram enganjados no mutirão de arrecadações.

No total, foram mais de quatro toneladas de alimentos arrecadados. Como forma de gratidão pela grande mobilização uma programação especial foi realizada na cidade de Boa Vista, RR onde foram entregues as cestas arrecadas. Na ocasião, foram repassadas para a liderança da Igreja da Mission Venezolana Del Sur de Bolivar (MVSUB). Parte das arrecadações irão beneficiar cerca de 300 pastores que pertencem a Union Venezolana Oriental (UVO) e a outra parte foi para o internato adventista Maurak.

Segundo o líder do Ministério da Ação Solidária Adventista para parte do estado do Amazonas e Roraima, pastor Alberto Junior, isso foi uma grande demonstração de solidariedade. “Quando cada um de nós fazemos um pouco, ele se torna muito para outros. O envolvimento é contagiante, todos querem estar envolvidos em causas em prol do próximo e tivemos uma prova disso”, finaliza. [Equipe ASN, com informações de Ivo Mazzo e Tatiane Virmes]

 

Confira algumas imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox