Notícias Adventistas

Família acompanha Assembleias da Associação Geral há 45 anos

Comandante da Marinha e sua família se planejam para sempre estar presentes aos eventos mundiais da Igreja Adventista.

8 de julho de 2015
Familia-acompanha-assembleias-da-associacao-geral-ha-45-anos2

Eles se reúnem desde 1970 para acompanhar as reuniões da Igreja Adventista Mundial.

San Antonio, EUA… [ASN] A cada  cinco anos a família Washington, da  cidade de Atlantic, no Estado norte-americano de Nova Jersey, participa do encontro mundial da Igreja Adventista. Foi no ano de 1970 que eles foram pela primeira vez a uma das reuniões, que aconteceu no Alabama, Estados Unidos. Na ocasião, a Igreja alcançou a marca de dois milhões de membros.

Leia também:

Washington Júnior é comandante da Marinha Americana e diretor associado do Ministério de Capelania da Igreja Adventista nos Estados Unidos. Ele faz questão de usar o seu uniforme oficial da Marina em eventos especiais da Igreja.  “Pra mim é uma satisfação estar aqui com toda a minha família e conhecer nossos irmãos do mundo inteiro”, ressalta.

Sua mãe, Mildred Johnson, mesmo dependente da cadeira de rodas, acompanha os filhos. Há alguns anos, com o falecimento do patriarca da família, ela faz questão de estar nas Assembleias. “Não dá para ficar em casa, pois eu quero ver de perto o que acontece com a minha Igreja.  Aqui eu experimento a atmosfera do céu e logo vou me encontrar com o meu esposo”, crê Mildred.

Familia-acompanha-assembleias-da-associacao-geral-ha-45-anos

Um dos pontos que os anima a participar das Assembleias é a possibilidade de conhecer pessoas de outros países.

Janice Browne, que é irmã de Júnior, afirma que é uma experiência maravilhosa estar nas edições  da reunião que ocorre a cada cinco anos.  Para ela, cada encontro mundial é a oportunidade de conhecer pessoas de diferentes países e confirmar ainda mais a promessa da esperança do encontro com Cristo. “Imagine como será estar com todos os nossos irmãos no céu. Aqui vivemos um pouco dessa experiência”, compartilha.

Além de rever amigos, conhecer novas culturas e acompanhar os relatórios, o que é mais significativo para esta família é o fato de fazer parte da família de Cristo e ter uma missão bem definida. “Precisamos levar a nossa mensagem para pessoas que nunca ouviram falar do amor de Jesus, do Pai e do Espírito Santo. Essa é a nossa missão, além de também envolver os jovens da nossa Igreja”, argumenta Washington. [Equipe ASN, Eber Pola]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox