Notícias Adventistas

Falece em Tubarão pioneiro da Educação Adventista em Santa Catarina

Milton Kuntze fundou duas escolas adventistas no Estado e ainda teve papel relevante em outros setores da sociedade

Por Daniel Gonçalves 15 de fevereiro de 2019

Descansou no Senhor nesta sexta-feira o professor Milton Gurd Kuntze. O docente foi o fundador da Escola Adventista de Tubarão, em 1974, e do Colégio Adventista de Florianópolis – Unidade Estreito, em 1990. Nascido em Orleans (SC) no dia 1º de janeiro de 1928, Milton dedicou quase 50 anos de sua vida a educação cristã, se destacando nos três estados do sul do Brasil. Ao lado de Ygia Corrêa Kuntze trilhou uma história na educação e formou uma família de 3 filhos e muitos netos e 5 bisnetos.

A cerimônia fúnebre está acontecendo no ginásio da Escola Adventista de Tubarão e o sepultamento será neste sábado no cemitério Horto dos Ipês, na mesma cidade. “Uma trajetória que não pode ser concluída acrescentando-se apenas um ponto final. Permanecem vivas muitas realizações, o conhecimento transmitido e a influência exercida na vida de tantas pessoas. Muitas gerações são testemunhas da dedicação e do empenho do meu pai no que ele acreditava ser um bem maior, a educação de qualidade”, conclui Sidney Kuntze, filho.

Trajetória:

Desde a infância Milton Gurd Kuntze tinha o sonho de ser professor e esse desejo se tornou realidade em 1946, na época com 18 anos de idade, ao ser convidado para lecionar na Escola Adventista de São João de Pelotas, em São Joaquim (SC), mesmo não tendo concluído seus estudos. Quatro anos depois ele se muda para o internato Ginásio Adventista Paranaense (GAP), em Curitiba (PR), para completar o curso ginasial e cursar a faculdade posteriormente. No GAP, ainda proferiu aulas de Cultura Religiosa, Educação Física, Desenho, Geografia e História.

O ano de 1954, na cidade de Porto União (SC), se casa com Ygia Corrêa Pereira, sua companheira de vida e de ministério educacional. Ygia, também professora, e Milton desbravam o Sul do Brasil promovendo a Educação Adventista. O primeiro desafio do casal foi em 1955 no então Ginásio Adventista de Taquara, hoje Instituto Adventista Cruzeiro do Sul – IACS, onde assumiram diversas funções até o ano de 1970.

Em abril de 1970, junto com sua família, voltam ao Estado natal, Santa Catarina, para residirem em Tubarão. O casal encontra um pequeno grupo de adventistas na cidade e então eles trabalham para fortalecer a igreja. O trabalho dá resultado, com a conversão de muitas pessoas e a inauguração, em 1970, do primeiro templo adventista de alvenaria do município.

Após a conclusão da construção do templo, vendo um bom número de crianças em idade escolar, filhos de pais adventistas, eles dedicam-se ao ideal de fundar uma Escola Adventista, o que é feito em 25 de agosto de 1974.

Após todos esses serviços prestados em Tubarão, Milton e Ygia aceitam o convite para assumirem a direção da Escola Básica Adventista doutor Siegfried Hoffmann, hoje Colégio Adventista de Florianópolis – Centro (CAF-C).

Devido à grande demanda de alunos na capital catarinense, sentiu-se a necessidade de se construir mais uma unidade escolar em Florianópolis, e a pessoa escolhida para traçar o projeto do prédio numa visão pedagógica e dirigir a construção foi o professor Milton Kuntze. Assim nasceu o Colégio Adventista Roberto Rodrigues de Azevedo (CARRA), atualmente Colégio Adventista de Florianópolis – Estreito (CAF-E).

O professor Milton Kunte ainda se destacou fora da Educação Adventista, sendo diretor de uma escola estadual em Tubarão, professor acadêmico e presidente do Conselho Municipal de Saúde de Tubarão. Também recebeu o título de Cidadão Tubaronense pelos serviços prestados a comunidade através do seu trabalho na Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais – ADRA, e o Centro Adventista de Desenvolvimento Comunitário o CADEC.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox