Notícias Adventistas

Efeitos de uma vida em comunidade

Paz, fortalecimento da fé e amizade estão entre os resultados de participar de um pequeno grupo

Por Fernanda Silva 24 de agosto de 2020

Medo, tristeza e falta de ânimo eram alguns dos sentimentos que William Ferreira tinha todas as vezes que precisava se deslocar 400 Km para trabalhar. Mesmo trabalhando com o que sempre sonhou, William sofria com constantes crises de ansiedade que o levavam a pensar até em desistir de tudo. Diante da situação, o agente penitenciário decidiu procurar uma igreja sdventista. “Já conhecia a igreja há algum tempo e sabia que lá eu poderia descarregar, lá eu encontraria paz”, justifica ele.

Depois da decisão, Ferreira passou a estudar a Bíblia pela TV Novo Tempo e, posteriormente, começou a frequentar os cultos com sua família. Em uma das reuniões, ele recebeu um convite que marcaria sua vida. “O pregador falou para buscarmos um pequeno grupo próximo da nossa casa. Eu ainda não sabia o que era  um pequeno grupo, mas decidi conhecer”, relembra.

Saiba mais:

Acompanhe a 3ª Temporada do Itinerante Podcast – Um Marinheiro só não move o barco: Compreendendo a vida em comunidade.

No primeiro contato com o grupo, ele, a esposa e os filhos foram acolhidos e muito bem recebidos. “Conhecia poucas pessoas, mas em pouco tempo todos se tornaram nossos verdadeiros amigos”, conclui, sobre a sua experiência na comunidade.

Pequeno Grupo Renovo reunido, antes da pandemia

Sentimento de Paz

Em pouco tempo, Ferreira mudou os hábitos familiares, abandonou as festas e o consumo de bebidas e adotou um estilo de vida mais saudável e equilibrado. A alegria encontrada por ele serviu de testemunho para o seu irmão Wilton que também passou a frequentar o pequeno grupo com a esposa.

No dia 14 de dezembro de 2019, William Ferreira e seu irmão Wilton tomaram a decisão de batizarem-se, assumindo publicamente o compromisso com Cristo. “Hoje, continuo trabalhando no mesmo local de antes, mas vivo feliz, com a paz e segurança que encontrei em Cristo Jesus e com o apoio da minha comunidade de amigos”, comemora.

Batismo de Wilton Ferreira

Pastoreio e Discipulado no Pequeno Grupo

“O papel fundamental da comunidade é de formar novos líderes que vivam os valores do reino, ajudando um ao outro a amar a Deus e ao próximo”, destaca o pastor William Moreira, líder de Pequenos Grupos para o estado do Tocantins. A responsabilidade de formar outros líderes e repassar esses valores, foi aceita e cumprida por Antonio Gadeia e sua esposa, Ruth Oliveira, líderes do Pequeno Grupo Renovo. Para Ferreira, o casal demonstra na prática o exercício constante do amor e do cuidado. “Esse é o melhor pequeno grupo que eu poderia estar. Nossos líderes nos conduzem como pequenas ovelhas, nos dão conselhos e são um exemplo para nós”, elogia Ferreira, agradecido.

William, esposa e filho (esquerda), Wilton (centro) e os líderes Antonio e Ruth com os filhos (direita)

O casal de líderes, querido por Ferreira e por todos os integrantes do grupo, foi pioneiro, juntamente com o pastor Leandro Machado, na implantação da rede de pequenos grupos na cidade de Praia Norte. “O pequeno grupo trouxe pra gente muitas transformações. Primeiro, o crescimento espiritual, que foi muito grande! E depois, mudou a forma de nos relacionarmos com os outros. Passamos a ser amigos e fazer parte da vida das pessoas ao invés de apenas vê-las na igreja ou no grupo”, descreve Ruth.

As ações feitas em grupo, transcendem os encontros semanais. Os integrantes estão presentes no cotidiano um do outro por meio de visitação, retiros, almoços compartilhados, comemorações dos aniversários e projetos de apoio à comunidade. “A gente tem desafios durante a semana e eles nos ligam para saber como estamos, fazem parte do nosso dia-a-dia”, enfatiza Ferreira.

Algumas atividades do pequeno grupo tiveram que ser suspensas por causa da pandemia, mas a comunidade continua conectada por meio da tecnologia. “Agora não estamos tendo como visitar nossos amigos e acompanhá-los de perto, entretanto, nossos encontros semanais continuam acontecendo por chamadas de vídeo”, explica Ruth.

Reunião do pequeno grupo via Google Meet

Comunidade em Missão

Em consequência do discipulado adquirido dentro da comunidade, William Ferreira e Wilton decidiram dar continuidade à missão de compartilhar com outras pessoas as experiências que estão vivendo ao lado de Cristo. Os irmãos formaram uma dupla missionária e já estudam a Bíblia com cerca de oito pessoas. “Decidimos começar fazendo esse trabalho com a nossa família, eles aceitaram e estamos dando estudo bíblico para eles pois queremos vê-los no céu”, revela Ferreira.

Classe bíblica organizada por William e Wilton

O resultado desse comprometimento com a vida em comunidade e a missão foi a formação de uma nova igreja na cidade de Praia Norte. “Quando começamos o processo de solidificação das redes de pequenos grupos tínhamos apenas uma igreja. Agora temos duas igrejas com uma liderança fortalecida e uma geração de missionários que desenvolvem seus dons espirituais”, afirma Nilton Lima, pastor responsável pela região.

Para o pastor William Moreira, mesmo diante da pandemia, as redes de pequeno grupo no estado têm se adequado à nova realidade. “O uso das tecnologias nos permitiu, mesmo em meio à pandemia, estarmos próximos uns dos outros de maneira virtual”, considera o pastor. Em todo o estado do Tocantins o envolvimento das comunidades continua acontecendo ainda que respeitando o distanciamento social.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox