Notícias Adventistas

De Dentro pra Fora: Igreja Adventista realiza programa online sobre cuidados com a saúde mental

Setembro Amarelo foi tema do evento que contou com a participação de internautas

Por Cida Souza 28 de setembro de 2020

Conforme Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio anualmente. No Brasil, os dados apontam um aumento de 7% nas taxas de suicídio entre os anos de 2010 e 2016 (ano mais recente da base de dados utilizada) com 6,1 mortes por suicídio a cada 100 mil habitantes. Essa é uma problemática para a saúde pública que atinge países e deixa sequelas emocionais nas famílias afetadas.

Em tempos de pandemia, a saúde mental ganhou maior atenção e configura um dos pontos abordados na campanha. Questões como isolamento social, riscos de contágio com a doença, ausência de vacinas e consequências econômicas são fatores que provocam pressões psicológicas na população.

No entanto, os suicídios podem ser evitados. A OMS indica que o apoio integrado dos setores da sociedade é fundamental no combate e prevenção dos casos. A campanha Setembro Amarelo tem o objetivo de colocar o tema em pauta na sociedade, além de disponibilizar informações para reduzir o estigma social a respeito do assunto.

Ação da Igreja

Jovens realizando momentos de louvor. (Foto: Reprodução)

Entre as ações desenvolvidas pela Igreja Adventista no Ceará, estão os projetos direcionados à saúde emocional da comunidade. Por isso, no último sábado (26), líderes do distrito do Ellery, em Fortaleza, realizaram o programa “De Dentro Pra Fora” com foco no Setembro Amarelo. “Falar de saude mental nunca é fácil, por isso o tema quer passar a ideia de autocuidado em todos os âmbitos: mental, espiritual e físico. Como cristãos, acreditamos que a vida é a maior dádiva dada por Deus, por isso aproveitamos esse momento que já aborda a temática da prevenção ao suicídio e valorização da vida para fortalecer a ideia. Ao passo que ajudamos outras pessoas, também conscientizamos a nós mesmos sobre o assunto”, explicou o organizador do projeto, Bráulio Adonias.

Encenações, louvores e uma palestra com uma psicóloga sobre cuidados com a saúde emocional formaram o evento. Quem acompanhou a programação online, teve a oportunidade de interagir ao vivo. Os apresentadores ligavam aleatoriamente para os internautas e ao receber a ligação, o participante deveria responder: “A vida é tão boa”.

A live teve um alcance de mais de 700 visualizações e telespectadores de vários estados do país.

Como buscar ajuda

O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma organização que disponibiliza apoio emocional gratuitamente para a população. As pessoas que precisam conversar, podem entrar em contato com a instituição via e-mail, telefone ou chat. O CVV pode ser acessado 24 horas diariamente pelo número de telefone 188 e pelo site https://www.cvv.org.br/.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox