Notícias Adventistas

Da arrecadação de óleo à produção de sabão: adventista inova ao promover o Projeto Maná

Sandra ficou motivada pelo projeto Maná a fazer 10 assinaturas e comprar mais 10 lições avulsas, para crianças não adventistas.

Por Andréia Kals 28 de agosto de 2020

O Projeto Maná visa fortalecer o estudo da bíblia e comunhão pessoal com Deus através da assinatura da Lição da Escola Sabatina.

A  dona de casa Sandra Nogueira, mora em Belford Roxo, Rio de Janeiro. E em meio a sua rotina, encontrou um tempinho para inovar quando o assunto é ajudar o próximo e fortalecer as atividades da igreja. Ela arrecada óleo de cozinha já utilizado, produz sabão com parte deste óleo,  feito isso, troca os sabões por mais óleo em meio a comunidade. O montante final de óleo arrecadado, é então vendido para uma cooperativa que direciona o material para a produção de biodiesel.

E a finalidade de tudo isso? Este ano, Sandra ficou motivada através do Projeto Maná, e decidiu promover a assinatura da Lição da Escola Sabatina para crianças e adolescentes que participam dos Clubes de Desbravadores e Aventureiros de sua igreja, mas que não são adventistas e não tem pais adventistas. Sua expectativa ao prover-lhes este material de estudo diário, é para que possam sentir-se motivados a estudar a bíblia e vir também à escola sabatina promovida para crianças e adolescentes na igreja.

“Eu sou daquele tempo que a gente tinha muito incentivo de fundo de inversão, quando a gente tem que criar outra fonte de renda para determinada necessidade”, declara. “E quando eu ouvi sobre a possibilidade de vender óleo e fazer sabão, eu comecei a me interessar no assunto. Comecei a fazer a campanha há uns 4 anos atrás e logo foram aparecendo mais pessoas para se envolver comigo. Todo o dinheiro  arrecadado  vou repassando para algum projeto ou departamento da igreja, acrescenta.

Galeria de imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além da Sandra, o seu marido, amigos, irmãos da igreja, e vizinhos, começaram a aderir ao projeto.  “Meu marido trabalha junto comigo para produzir o sabão reciclado. Os irmãos têm me ajudado recolhendo muito óleo também e “abraçaram esse projeto de coração. Além do beneficio principal, sabemos que também estamos ajudando a natureza na reutilização de materiais”, conta.

Mas, acima de tudo, seu foco está na missão. “Deus tem ajudado bastante porque cada vez mais pessoas estão interessadas. Eu trabalho neste projeto com muita satisfação. Eu descobri nisto algo novo  para fazer e a dedico para Deus”, declara.

O presidente da Igreja Adventista na região sul do estado, pastor Gustavo de Sá, explica que o Projeto Maná tem dois grandes objetivos: o conhecimento da bíblia e o aumento da comunhão. Em toda região sul do estado, mais de 4 mil e 200 assinaturas já foram efetuadas. “O nome do Projeto Maná é sugestivo, pois entendemos que a lição é nosso alimento diário e sabemos a sua importância porque ela nos leva ao estudo da bíblia. Obviamente, aquele que estuda mais a lição, conhece mais da palavra de Deus, conhece das doutrinas, dos ensinos. O segundo objetivo é o aumento da comunhão, o estudo  aproxima a pessoa de Deus, de Jesus, aumentando a comunhão pessoal. Por isso a igreja tem o projeto Maná que é o incentivo e motivação para termos a assinatura da lição da escola sabatina.”, declara.

Exemplos inspiradores

Diversos testemunhos declaram a importância da leitura da bíblia aliada ao manual de instruções.

Seu João Rodrigues, da igreja de Queimados, RJ, vive uma realidade parecida. Ele também incentiva as pessoas a estudarem a lição da Escola Sabatina, principalmente a sua família. É através do seu exemplo. Afinal, seu João é centenário. São 100 anos bem vividos, e em boa parte deles, sempre com a bíblia na mão. O estudo dela é garantido, já a leu 145 vezes. E ele afirma que o estudo acompanhado da lição também é  essencial. Ele é o assinante da lição mais antigo de toda a região administrativa da Associação Rio Sul da Igreja Adventista.

Seu João conta que desenvolveu seu gosto pelos estudos da bíblia porque foi através deles que aprendeu a amar e obedecer. “Através dela (a Bíblia) a gente adquire mais experiência, sabedoria e desejo de transmitir o que sabemos para os outros. Um dia quero chegar aos pés de Jesus e agradecê-lo por tudo isso”, relata.

“Quando as pessoas vão em sua  casa  é impossível sair sem ouvir falar de Deus”, conta a vizinha de seu João, Elaine Pinheiro. “Ele é um senhor agradável, que ama falar da transformação que Deus fez em sua vida e da alegria que tem como cristão.  Ele é um grande incentivador para família  do estudo da Bíblia e da lição”, conclui.

 

Através das ações solidárias, fiéis tem viabilizado o estudo da lição para pessoas que não teriam outras oportunidades.

O casal Cíntia Cesário e Flávio Prado, da igreja da Magarça, zona oeste do Rio, também procurou ajudar os amigos quando o assunto foi promover o estudo da Lição da Escola Sabatina. Eles concordaram em passar o cartão de crédito pessoal para pagamento da assinatura da lição para 65 fiéis, que posteriormente, lhes farão o reemboloso. O objetivo era garantir o alimento espiritual destas famílias. “Vi a alegria de cada um ao mostrar a possibilidade de comprar suas lições. Deus é infinitamente bondoso. Fico feliz de estar envolvida neste projeto com todos os meus irmãos. O que sustenta minha fé e me motiva a estar envolvida na missão é nunca deixar de estudar a minha lição diariamente”, salienta Cíntia.

O pastor Jefferson Dantas, coordenador do Ministério da Escola Sabatina na região Sul do Rio, e a professora Janice Pareja, coordenadora da Escola Sabatina para as crianças e adolescentes da mesma região, concordam que iniciativas como estas ajudam no fortalecimento espiritual das famílias.

“A maior alegria de um líder é ver uma igreja crescendo em comunhão, relacionamento e missão. Sem dúvida nenhuma, o estudo da Lição da Escola Sabatina contribui muito nestes três aspectos. Por isso que meu coração transborda de alegria ao ver os irmãos se esforçando para fazer a assinatura para sua família e presenteando outras pessoas.  Eles entendem que este é um alimento espiritual necessário para o fortalecimento da igreja”, explica Dantas.

“A Lição da Escola Sabatina ajuda a criança a estudar a Bíblia de uma maneira sistemática, direcionada, com temas e recursos que tornam a historia ainda mais interessante”, explica Pareja. “Então a Lição da Escola Sabatina é mesmo o Maná juntamente com a Bíblia que vai alimentar a criança diariamente de maneira espiritual no caminho para o céu”, conclui.

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox