Notícias Adventistas

Crise de água desperta solidariedade em prol de Valadares

Pessoas de diversos lugares do Brasil se sensibilizaram a ajudar população da cidade.

8 de dezembro de 2015
11202059_430438617146776_8097543885215141230_n (1)

Deni Allison, de São Paulo, usou seus dias de folga para ajudar a descarregar os caminhões de água que chegaram na Associação Mineira Leste

Governador Valadares, MG…[ASN] Jornalista por formação, o comissário de voo Deni Allison da Silva, de São Paulo, estava atento às últimas notícias referentes ao rompimento da barragem no município de Mariana e pensava em alguma forma de poder ajudar. Não tinha muito dinheiro à disposição para comprar grandes quantidades de água. Contudo, tinha algo a seu favor. “Eu quis contribuir de alguma forma e já que tenho a facilidade de viajar, quis tornar esse benefício em uma coisa útil. Procurei uma instituição séria que estava trabalhando em prol das pessoas necessitadas, e vim ajudar”, conta o jovem de 26 anos que passou dois dos seus dias de folga ajudando a descarregar os caminhões de água que chegaram até a Associação Mineira Leste, uma das sedes administrativas da Igreja Adventista em Minas Gerais.

Leia também:

IMG_0013

Rosa Mendonça e seu esposo fizeram campanha em sua cidade e trouxeram o caminhão carregado de água

Rosa Mendonça também se comoveu com o ocorrido. Amiga de pessoas que enfrentavam o problema em Governador Valadares, ela e seu esposo começaram a fazer uma campanha na cidade de Campo Belo, em Minas Gerais, onde residem. Não foi preciso uma mobilização muito grande para que as pessoas aderissem à ideia. Algumas mensagens deixadas no aplicativo WhatsApp, falando da disponibilidade de um caminhão para transportar água até a cidade afetada, foram suficientes para que gente de todo o Brasil depositasse recursos para a compra da água ou, até mesmo, enviassem o próprio produto.

Rosa e o marido encheram o baú do caminhão e se deslocaram para trazer os primeiros 6 mil litros de água arrecadados. “O que nos motivou a ajudar foi a necessidade do próximo. Já que tínhamos um caminhão e a disponibilidade de vir até Valadares, oferecemos isso e o resto aconteceu. Já temos água suficiente para mais dois caminhões”, conta Rosa.

Assim como ela e seu esposo, muitas outras pessoas se sentiram animadas a ajudar. Com o auxílio da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil), a campanha foi ainda maior. A situação ficou conhecida em todo o País e muitos disponibilizaram tempo e recursos para, ao menos, amenizar o sofrimento de algumas famílias.

IMG_0142

Diversos voluntários trabalharam para carregar os caminhões que fariam a distribuição

Em São Paulo, um grupo de amigos, que não possuía nenhuma relação com a Igreja Adventista recebeu, também pelo WhatsApp, uma foto que lhes tocou o coração. Tratava-se de uma noite, na praça central da cidade de Governador Valadares, onde a população foi convocada para orar. O momento foi registrado e a imagem se espalhou, mostrando a grande necessidade do povo. Impressionados, passaram a arrecadar dinheiro para o transporte e água para trazer à cidade. Foi assim que chegaram, no último final de semana, com 5 mil litros de água. “Nós fazemos parte de um grupo de pessoas que gosta de sempre ajudar o próximo. Não importa quem é ou o que vai fazer com o auxílio recebido. Nos importamos somente em ajudar”, explicou Carlos Carvalho Macedo, morador de Guarulhos, no Estado de São Paulo.

O mesmo aconteceu com diversas pessoas que, de pouco em pouco, tornaram a realidade do povo valadarense um pouco menos dolorida. Ao todo, foram 200 mil litros de água arrecadados, tanto pela campanha feita pela ADRA, quanto por campanhas isoladas em diversas cidades. As distribuições estão acontecendo desde o dia 21 de novembro e devem ser finalizadas na próxima semana. [Equipe ASN, Jenny Vieira]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox