Notícias Adventistas

Artesã e empreendedora: mulher mudou vida com bonecos bíblicos em feltro

“Hoje não sou mais uma jornalista. Hoje eu sou uma artesã empreendedora, que usa o talento na missão", assegura.

Por Ayanne Karoline 14 de maio de 2021

Marcely atuava como jornalista, mas viu sua vida mudar após contato com o Ministério Infantil. (Foto: Anne Seixas)

Com 46 anos, três filhos e formada em jornalismo, Marcely Seixas decidiu mudar sua vida, profissionalmente e no envolvimento missionário. Ela trocou as letras por feltro, e se tornou uma artesã empreendedora, que usa seu talento para levar Jesus às famílias.

A descoberta do feltro e o que ele podia se tornar veio com o envolvimento no Ministério da Criança da Igreja Adventista, em Campos dos Goytacases, Rio de Janeiro. Ela se mudou para a cidade por causa do esposo, que atua como pastor na região. “Comecei a produzir para a igreja e estudava o material apenas para ser útil ali”, lembra Marcely.

Leia também:

Como já tinha uma paixão por artesanato e gostou dos bonecos de feltro que havia feito, ela começou a fazer cursos. As pessoas que viam seu trabalho a incentivavam para vender e, daí, a vontade de empreender começou a nascer.

Marcely tem três filhos e sempre trabalhou em casa na fase da infância de cada um deles. Cuidar do mais novo também a incentivou a se dedicar ao artesanato (Foto: Anne Seixas)

“No início da pandemia, minha mãe sofreu um acidente e precisei me dedicar a ela. Portanto, dei uma parada naquela ideia de trabalhar com o feltro”, conta a artesã.

Mas o tempo de espera não demorou muito a acabar. No fim de 2020, uma amiga encomendou dois bonecos de personagens bíblicos e ela concretizou sua primeira venda. “Daí em diante, fiz cursos de gestão, administração e vendas. Quando lancei meu Instagram com trabalhos do ateliê, foi um sucesso. Em cinco dias, [recebi] mais de R$ 1.500 em pedidos”, detalha.

Planos de Deus

Cliente de Marcely com bonecos de personagens bíblicos. (Foto: Arquivo Pessoal)

Marcely já trabalhava com bonecos bíblicos, mas tinha o desejo de concentrar a produção em itens de maternidade, que davam mais lucro. Porém, sentia no coração que não podia parar com o trabalho de levar Jesus à casa das famílias. “No balanço de fim de ano veio a resposta de Deus. Cerca de 90% das vendas foram de bonecos bíblicos, e 10% apenas de itens de maternidade. Eu tinha um chamado”, lembra.

Nas vendas, mas também no coração, havia o reflexo da missão de Marcely. Uma amiga enviou um vídeo da filha brincando de contar histórias com os bonecos de feltro e ela teve certeza do que devia fazer. “É mais um recurso para as mães ensinarem em casa. Que emoção é chegar no quarto de uma criança e ter um boneco de Jesus”, sublinha.

O negócio de Marcely tem crescido e ela se sente realizada, e conta que todos os dias novas pessoas a procuram nas redes sociais. Tanto seu trabalho, como mensagens de reflexões bíblicas são encontrados ali. Para conhecer mais detalhes, acesse @feltrosweet.atelie no Instagram.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox