Notícias Adventistas

Adventista de 64 anos faz o Enem para realizar sonho

O objetivo é alcançar boa nota no exame e conseguir uma bolsa de estudos para cursar Direito ou Psicologia.

9 de novembro de 2014
jorge dentro

No local de provas, Timóteo (centro) encontrou uma casal de jovens amigos adventista que também fizeram o exame.

Serra, ES… [ASN] O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) movimentou mais de 166 mil inscritos no Espírito Santo neste sábado (8) e domingo (9). A maioria desses participantes são estudantes e jovens. Porém, na cidade da Serra, região da Grande Vitória, um deles saiu do comum. Com 64 anos, o adventista Jorge Marques Timóteo se inscreveu com um sonho: cursar uma faculdade de Direito ou Psicologia.

Leia também:

Apesar de enfrentar alguns olhares de desaprovação de conhecidos, ele não desistiu. “A prova é grande e complicada. Há muitos anos não estudo. Mas me senti preparado e com vontade de tentar”, revela.

Em casa, a família deu total apoio. O filho mais novo, o estudante de Engenharia de Automação Elbert Santos Timóteo, conta que a vontade do pai sempre foi que os filhos se realizassem nos estudos por ele não ter tido oportunidade de estudar quando novo. “[Ele] sempre nos apoiou e se sacrificou para nos ver formados. Hoje, sentimos que ele está atrás de um sonho que não estava ao seu alcance quando jovem”, diagnostica.

A vontade de Timóteo é alcançar uma boa nota no exame e conseguir uma bolsa de estudos em uma faculdade. “ Direito é mais concorrido e um curso mais longo. Já em Psicologia vejo grandes possibilidades para cursar”, afirma.

Dificuldades

timoteo dentro do site

Ele confere a localização da sala antes de entrar para o segundo dia de provas.

O primeiro dia de Enem não foi fácil para Timóteo. Por ser adventista, ele chegou às 13h no local de prova, mas só começou a fazer o exame às 19h, após o por do sol. Por volta das 22h30, ele saiu pelos portões. “ Senti sono e cansaço, pois tenho alguns problemas como dores fortes nas costas. Mas não desisti. Nada tira o prazer de guardar o sábado”, assegura.

Timóteo considerou a prova razoável, principalmente pelo fato de não estudar há vários anos. Outra dificuldade foi a marcação do gabarito. “ Errei algumas marcações na hora de assinalar o gabarito, por falta de atenção e costume. Mas estou confiante num bom resultado”, compartilha.  [Equipe ASN, Ayanne Karoline]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox