Notícias Adventistas

Casal faz pacto para conseguir engravidar e Deus responde

Família Merizi pretendia ter filhos, mas algumas dificuldades para engravidar levaram o casal a buscar fertilização in vitro e foi então que Deus os provou

Por Daniel Gonçalves 5 de março de 2020

Gerson e Marcela Merizi moram em Brusque/SC e frequentam a igreja adventista do bairro Limoeiro. Em 2002, se casaram e aproveitaram para viajar e curtir o momento a dois nos anos seguintes. Mas, como a maioria dos casais, veio o desejo de ter filhos. Seus amigos começaram a ter os primeiros herdeiros e o desejo deles serem pais só crescia. Parecia que sentiam falta de alguém que nem existia ainda.

De acordo com o Ministério da Saúde, a taxa de infertilidade conjugal no Brasil gira em torno de 20%, e ainda segundo a instituição, a fecundidade tem caído a cada ano, sendo atualmente 1,87, ou seja, menos de 2 bebês para cada casal. Gerson e Marcela não conseguiam engravidar. Tanto ele como ela tinham fatores que dificultavam a concepção e por isso, depois de um ano, eles começaram a buscar ajuda médica. Mas ainda sim não conseguiram e por isso, perceberam que teriam que buscar outros métodos.

A fertilização in vitro é uma técnica científica que consiste na união do espermatozoide com o ovócito em ambiente laboratorial. “Eu queria sentir um filho em meu ventre”, explica Marcela. “Foi cansativo todos os exames e procedimentos realizados em Curitiba. Cada viagem era uma luta”, ressalta Gerson.

Mas foi então que em uma Semana de Oração o casal se sentiu tocado por Deus para um desafio. “Quando chegamos em casa fizemos um pacto com Deus. Se for da vontade dEle a gente vai engravidar naturalmente. Todo o dinheiro que temos para a fertilização a gente vai daria para a construção da igreja [Adventista] do Limoeiro”, lembra Marcela. O valor, na época, era de 20 mil reais que o casal tinha guardado para usar na fertilização in vitro.

A igreja adventista do Limoeiro estava em campanha para a construção de sua sede própria. O dinheiro para o terreno e o material de construção a congregação já havia conseguido juntar depois de várias campanhas, mas faltava os recursos para pagar a mão de obra.

“Eu relaxei, porque eu não precisava mais me preocupar. Tinha colocado nas mãos de Deus. Não seria a nossa vontade, mas a dEle. Foi então que minha mãe me viu um dia e disse: ‘filha, eu quero te falar uma coisa, tu estás grávida’”, relembra Marcela.

Marcela e Gerson tiveram dois filhos sem a necessidade do procedimento em laboratório. Esse ano os filhos foram batizados no templo que recebeu os recursos provados pela fé do casal Merizi.  “Não adianta você orar e pedir para que as coisas aconteçam para amanhã. Se não for da vontade de Deus, não vai acontecer. Deus quis nos provar e hoje temos dois filhos e um lindo templo”, conclui Gerson.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox