Notícias Adventistas

Projeto Pegadas é lançado no leste de Minas

O Projeto Pegadas tem o objetivo de instruir pais, familiares e professores de Escola Sabatina a se preocuparem mais com a educação espiritual de seus filhos, crianças e adolescentes. Ele foi lançado no leste de Minas, no último final de semana.

27 de abril de 2016

DSC_4813Teófilo Otoni, MG…[ASN] Se você, algum dia, caminhou na praia ao amanhecer, teve a oportunidade de destacar suas pegadas na areia lisa, ainda sem marcas. Buscando alcançar o mesmo efeito na vida de crianças e adolescentes, o Projeto Pegadas foi criado nos Estados Unidos há 14 anos e lançado no último final de semana na região leste de Minas Gerais. Diversas famílias e líderes da Igreja Adventista, atuantes na área infantil se reuniram na cidade de Teófilo Otoni para a capacitação que contou, entre os palestrantes, com a presença do pastor Don MAcLafferty, idealizador do Projeto.

Vendo que muitos adolescentes estavam se distanciando dos princípios cristãos, Don sentiu a necessidade de dar atenção a esse público e orou para que Deus o guiasse neste serviço. “O Projeto Pegadas instrui e motiva os pais, avós e àqueles que se interessam em ser mentores espirituais desses jovens a terem um relacionamento íntimo com Deus, para que depois instruam moços e moças no caminho da salvação”, pontua o americano. O programa deixa claro que, se os pais não se engajarem na função de líderes espirituais dos filhos, o projeto falha.

DSC_4822Fabiola Guedes, diretora do Ministério da Criança para a Igreja Adventista do Sétimo Dia, nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, esclarece que o preparo dos pais é necessário para que haja sucesso no discipulado. “É preciso uma mudança de vida. O objetivo é que os pais entendam que possuem a responsabilidade de conduzir os filhos aos pés de Cristo. Esse é o segredo de como iremos discipular as novas gerações. Por isso, temos de deixar pegadas através do reavivamento espiritual, pois não podemos oferecer o que não temos”, acrescenta a professora.

Graciela Hein Diretora do Ministério da Criança e do Adolescente para a America do sul, esclareceu que esse público deve ser o foco principal par a igreja no continente. “O nosso foco na America do sul é o discipulado através da comunhão, do relacionamento e da missão. Temos que treinar como fazer isso com preparação e conscientização. Acredito que essa é a visão de Deus para este tempo”, ressalta.

“A minha expectativa é de que os pais passem a ter maior preocupação com a salvação dos seus filhos, com a educação espiritual e religiosa. Pais que se preocupem em estar presentes nos cultos, em chegar cedo e ficar até o final. Espero que tenhamos famílias mais sólidas, pais mais amorosos e, assim, filhos mais equilibrados e preparados para o reino de Deus”, idealiza Marly Reis, líder do Ministério da Criança e do Adolescente para o leste de Minas Gerais e organizadora do evento.

Para conhecer mais sobre o Projeto, acesse aqui. [Equipe ASN, Guilherme Constante].

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox