Notícias Adventistas

Projeto Luz comemora dia da mulher missionária

Motivar, capacitar e mobilizar mulheres para espalhar a mensagem do evangelho onde estiverem, esse é o principal objetivo passado durante o evento do Projeto Luz.

8 de junho de 2016
Telma Brenha na IASD de Cidade Dutra com a equipe do Ministério da Mulher da igreja.

Telma Brenha na IASD de Cidade Dutra com a equipe do Ministério da Mulher da igreja.

São Paulo… SP [ASN] A Igreja Adventista do Sétimo Dia separou um dia especial em seu calendário para o dia da mulher missionária. É comemorada em 8 países sul- americanos, com o objetivo de mostrar a igreja o valor e a força do trabalho missionário da mulher que pode atuar em diversos departamentos da igreja. Junto com essa data, o Ministério da Mulher da IASD Cidade Dutra comemorou os resultados do Projeto Luz. 8 pessoas foram batizadas, 3 sendo homens e 5 mulheres.

Motivar, capacitar e mobilizar mulheres para espalhar a mensagem do evangelho onde estiverem, esse é o principal objetivo passado durante o evento do Projeto Luz. Com a presença da líder do Ministério da Mulher da Associação Paulistana, Telma Brenha explica a importância desse projeto.

“Me sinto feliz por ver a missão sendo realizada aqui na igreja de Cidade Dutra. No começo do ano nós fizemos a nossa motivação com o Projeto Luz, iluminando para salvar e hoje eu percebo que as líderes do Ministério da Mulher entender o compromisso que cada uma tem com a missão”, explica Telma.

O Projeto Luz visa demonstrar o papel feminino na igreja e sua importância na missão. Ellen White em um dos seus livros sobre evangelismo, destaca que ministrar o evangelho não é uma função apenas dos pastores e obreiros, mas de toda a congregação.

“Nós temos um apoio a comunidade perto da IASD de Cidade Dutra. Temos 50 crianças que auxiliamos, damos apoio físico e espiritual e todos os sábados às 15hs estamos lá para fazer esse trabalho com as crianças”, afirma Raquel Rodrigues, diretora do Ministério da Mulher da IASD Cidade Dutra.

Frutos do Projeto Luz, também sentem o desejo de iluminar a vida de outras pessoas, assim como Regiane Almeida, recém batizada na IASD Cidade Dutra. “ Realmente quero ser uma luz no mundo, fui muito bem recebida por todos da igreja e a partir de agora, pescar para Deus todas as almas que a gente conseguir e trazer para Ele”, ressalta. [Equipe ASN, Tainá Macedo]

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox