Notícias Adventistas

Programa de Oração incentiva a comunhão com Deus na família

Durante os 10 dias de oração histórias inspiradoras mostraram o poder restaurador de Deus atuando na vida de famílias e indivíduos.

Por Andréia Silva

 

Todos os anos, uma mobilização sul-americana da Igreja Adventista incentiva que, durante dez dias, as pessoas orem por razões específicas e estudem sobre um determinado tema bíblico. O programa 10 Dias de Oração e 10 Horas de Jejum, abordou nesse ano, entre 22 de fevereiro e 03 de março, a importância de colocar Deus em primeiro lugar na família.

Para isso, fiéis estudaram uma apostila que continha temas como: a bênção do convívio familiar, perdão, missão do lar, fidelidade, esperança em Deus, entre outros. No centro do Rio Grande do Sul diversas famílias, igrejas e escolas, estiveram unidas neste propósito.

“Muitos estudavam no lar pela manhã e à noite nos grupos da igreja, onde testemunhavam a transformação que estava ocorrendo na vida espiritual de sua família”, conta o líder do Ministério da Família da Igreja Adventista para o centro do Rio Grande do Sul, Rogério Gurniak.

Histórias de Oração

Eliane Maciel, da igreja de Vila Farrapos, Porto Alegre, foi uma destas pessoas que sentiu-se transformada por estes períodos de intensa oração. Ela conta ter passado por uma experiência singular. “Eu estava voltando para casa após uma das reuniões de oração e conversava com Deus em minha mente. Foi quando senti-me impressionada a parar e conversar com catador de lixo que andava pela rua”, relata.

Eliane chegou diante do homem e lhe ofereceu uma oração. Após poucas palavras trocadas, Julio – o homem com quem ela conversava, disse que era ex-adventista, batizado há mais de 15 anos no interior do estado, e que tinha vontade de voltar para a igreja. “Me emocionei quando ele disse as palavras: eu preciso voltar! Eu sabia que Deus havia me guiado até ele, e agora, eu queria lhe ajudar”, conta Eliane, que, desde aquele momento lhe ajudou em algumas necessidades básicas, e agora, está preparando-se com a sua igreja, para integrar e envolver o novo amigo.

Margarete Moreira, também da igreja de Vila Farrapos, sempre buscou ter uma vida de oração. Ela já orava pelas dificuldades que a sua família enfrentava há algum tempo, mas, aproveitou o incentivo para orar com maior determinação por sua filha, que vivia em uma situação desfavorável há oito meses, sem a possível intervenção da mãe. “Ela já orava pela filha há muito tempo, mas nestes 10 dias de oração ela mergulhou com tudo numa busca mais intensa, estava presente nos cultos das manhãs e das noites, seu pedido era sempre por sua filha”, conta o pastor distrital, Uilialdo Barreto.

Após o oitavo dia de oração, Margarete teve a alegria de ter suas orações respondidas e, sua filha Débora, voltou novamente para seus braços. Seu testemunho foi compartilhado com alegria durante a vigília do sábado.

Um projeto de continuidade

Interceder pelas famílias e orar nas primeiras horas do dia, não é um programa promovido apenas para um determinado período de tempo. Segundo o pastor Gurniak, este é um incentivo para um ano inteiro de busca mais intensa de Deus e de uma comunhão maior nas famílias. “Esse projeto é o pontapé inicial para o foco que cada membro deve ter em sua vida. Os 10 dias de oração findaram, mas ainda existe o projeto Primeiro Deus que começou no dia 04 de março, e consiste no estudo do Reavivados Por Sua Palavra a cada manhã”, relata.

Segundo o líder, foram perceptíveis diversos resultados destes 10 dias de oração. Dentre ele, o fortalecimento do culto familiar e o envolvimento na missão. “O culto familiar é algo que precisa ser revitalizado nos lares, e acho que os 10 dias de oração foram um grande impulso para que o culto familiar tenha sempre um espaço garantido nas primeiras horas do dia da família adventista. Além disso, tivemos um bom número de membros envolvidos no Projeto Amigos de Fé, que culminou com o encerramento deste período de oração. Uma grande parte da igreja envolvida nos Amigos de Fé, que foi diretamente motivada pelo projeto anterior”, conclui.

Galeria de imagens:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox